Archive for the ‘Aplicações Esportivas’ Category

Copoliéster da Eastman é usado na Malásia em garrafas de água com designs estilosos

12/12/2017

A marca Relax (www.relaxbottles.com), com sede na Malásia, selecionou o copoliéster Eastman Tritan™ para sua mais recente série de garrafas de água. Com capacidade entre 400 e 2.000 ml, as garrafas vêm apresentadas em uma variedade de cores e estilos que atendem a diversas classes de usuários: de esportistas a viajantes, até estudantes e famílias. Segundo a Eastman, o uso do Tritan na fabricação das garrafas faz com que as mesmas sejam seguras, resistentes e sustentáveis.

“Somos comprometidos com a melhoria contínua, maior qualidade e segurança. Então, a mudança do material das garrafas para o Tritan, substituindo o policarbonato, foi uma escolha fácil”, afirma Darren Ooi, diretor-gerente da TLC Houseware Sdn Bhd. “Essa linha não tem apenas boa aparência, mas a incorporação de Tritan permite que os consumidores usem as garrafas com maior tranquilidade, sabendo que são duráveis e boas para o meio ambiente “.

A resistência química de Tritan permite que a nova linha de garrafas de água resista a produtos de limpeza agressivos e as torna menos propensas à quebra devido a quedas acidentais, afirma a Eastman. As garrafas cristalinas possuem design elegante e minimalista com mensagens positivas e educativas inspiradas pela vida cotidiana. Elas são livres de BPA e suportam temperaturas de -10° a 95°C.

As garrafas de água RelaxTritan estão disponíveis em grandes lojas de departamento, varejo e online nos principais mercados da Malásia.

A Eastman é uma empresa global de materiais avançados e aditivos especiais que produz uma ampla gama de produtos para atrativos mercados finais tais como transporte, construção civil e produtos de consumo. A Eastman atende a clientes em mais de 100 países e, em 2016, obteve receitas de aproximadamente US $ 9,0 bilhões. A empresa está sediada em Kingsport, Tennessee, EUA e, emprega, aproximadamente, 14.000 pessoas em todo o mundo.

Fonte: Eastman

Curta nossa página no

Anúncios

Eastman fornece copoliéster para garrafas à prova de vazamento usadas em parque temático na Índia

23/11/2017

Crianças e adolescentes que visitam o parque indiano desfrutam de bebidas nas garrafas à prova de vazamentos

A Sudeep Plastics, empresa indiana fabricante de embalagens plásticas, escolheu o copoliéster Eastar da Eastman para suas garrafas Dumbbell Sipper, vendidas exclusivamente no parque temático Imagica. Com as novas garrafas, os visitantes podem aproveitar sua bebida predileta enquanto exploram o destino de férias favorito da Índia.

As garrafas, disponíveis em tons vibrantes de rosa e azul (foto), são ideais para que crianças e adolescentes de 6 a 18 anos as levem consigo na visita ao parque. São 100% à prova de vazamentos e altamente duráveis, de modo que os visitantes não terão que se preocupar em derramar suas bebidas em nenhum dos passeios e atrações do local, afirma a Eastman.

“Nós gostamos de criar produtos inovadores, combinados com nossa expertise e padrões profissionais, que ajudem nossos clientes a ficar à frente da concorrência”, disse Deepak Kapadia, diretor da Sudeep Plastics. “Somente os materiais da Eastman poderiam ser a escolha perfeita para nossas garrafas”.

Segundo a Eastman, o seu copoliéster Eastar oferece uma estética única, flexibilidade de design e facilidade na fabricação, não encontrada em outros tipos de matérias primas plásticas. A empresa afirma que os produtos feitos de Eastar não só têm clareza e brilho ímpares, mas também possuem atributos de desempenho de alto nível. A resistência do material, a qualidade química superior e as excelentes propriedades de selagem asseguram que as garrafas do Dumbbell Sipper se mantenham bonitas e intactas durante o uso diário, garante a Eastman.

“O feedback do mercado tem sido incrível até agora e as ordens de compra estão sempre chegando”, disse Kapadia. “O suporte técnico a qualquer momento que recebemos da Eastman nos dá uma vantagem substancial sobre nossos concorrentes e ajuda a estimular nosso crescimento contínuo”.

Lançadas em 2016, as garrafas Dumbbell Sipper foram fabricadas exclusivamente para o Imagica e são vendidas apenas no parque temático.

Sobre a Eastman: A Eastman é uma empresa global de materiais avançados e aditivos especiais, possuindo posição de liderança em atrativos mercados finais, tais como transporte, construção civil e produtos de consumo. A empresa atende clientes em mais de 100 países e, em 2016, obteve receitas de aproximadamente US$ 9 bilhões. A empresa está sediada em Kingsport, Tennessee, EUA e, emprega, aproximadamente, 14 mil pessoas em todo o mundo.

Sobre a Sudeep Plastics: Com mais de 20 anos de experiência, a Sudeep cria, projeta e produz embalagens plásticas inovadoras para produtos para os mercados de produtos para casa, cuidados pessoais, alimentos e bebidas, químicos, farmacêuticos e lubrificantes.

Curta nossa página no

Indústria Bandeirante lança garrafa fitness feita com poliéster da Eastman

27/07/2017

O galão, disponível em quatro cores, é leve e comporta 1,89 litros de líquido

Hidratação constante é mandatório no mundo fitness. Mas ter de carregar uma garrafinha para lá e para cá durante os treinos incomoda muitos atletas, pois a maioria das garrafas não é anatomicamente projetada para esse transporte e não comporta a quantidade de água necessária para beber na hora dos exercícios.

Para agradar a esse público exigente, a Indústria Bandeirante, empresa que produz embalagens plásticas para a indústria alimentícia e utilidades domésticas, acaba de lançar um mini galão com capacidade para 1,89 litro, um tamanho adequado para quem treina e consome suplementos. A garrafinha esportiva foi produzida com o polímero Eastman EastarTM EB062 e possui design diferenciado e atraente.

“O Eastman Eastar TM EB62 permite que o produto tenha um formato fácil de segurar, com alça ergonômica e confortável, além de uma aparência refinada, com aplicação de textura nas extremidades da garrafa”, diz Alessandra Lancellotti Ribeiro, Market Development Manager – Specialty Plastics da Eastman.

Heraldo Montagner, Diretor Comercial da Indústria Bandeirante, comentou: “Eastman Eastar TM EB62 nos permitiu lançar uma garrafa com um formato com bastante aderência às necessidades desse público da geração saúde. Ela é prática, sem abrir mão de ter um design mais atraente e unissex”, comenta Heraldo Montagner –

Não quebra e não absorve odores

Segundo a Eastman, o sucesso do produto no mundo fitness se deve ao fato de o plástico ser resistente às rachaduras causadas por quedas e por ser livre de BPA. Entre outras vantagens, afirma a empresa, o mini-galão fabricado com poliéster da família Glass Polymer é diferente de outros ofertados no mercado por ser livre de bisfenol A, não absorver cheiro e nem acumular resíduo. Sua utilização em academias vem conquistando os frequentadores, que utilizam suplemento durante os treinos. Leve e disponível em quatro cores, cada galão tem 25 cm e pesa em torno de 100g. Recomendações de uso incluem evitar o uso com líquidos quentes e lavar o acessório com água e detergente regularmente para eliminar bactérias.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Eastman

Curta nossa página no

Covestro e Adidas desenvolvem bola de futebol para a Copa da UEFA na França

12/06/2016

Covestro-Beau-Jeu

No dia 10 de junho, na França, começou o Campeonato Europeu de Futebol – UEFA Euro 2016 -, que reunindo craques e seleções de todo o continente é, hoje, um dos mais disputados do planeta. Tamanha visibilidade transforma a Euro no palco ideal para a apresentação de talentos, mas também para o lançamento de produtos e inovações por parte empresas de materiais esportivos, como a Adidas, empresa alemã que além de vestir diversas seleções, participará do campeonato com a bola oficial do torneio.

E para fazer bonito, a bola, criada especificamente para a Euro 2016, traz uma série de inovações tecnológicas. Batizada de Beau Jeu – Jogo Bonito em francês – a bola é resultado do trabalho conjunto realizado entre a Adidas e a também alemã Covestro, uma parceria que completa 30 anos em 2016.

Incorporando os melhores elementos da Brazuca, que foi a bola oficial da Copa do Mundo do Brasil, disputada em 2014, a Beau Jeu ganhou ainda mais tecnologia, favorecendo a aderência, o controle de bola, a estabilidade de voo e resistência a água graças a seu escudo exterior, afirma a Covestro.

Gol de placa da tecnologia

Confeccionada com múltiplas camadas de poliuretano termoplástico (TPU) da linha da linha IMPRANIL®, a Beau Jeu leva para os gramados várias características da tecnologia Covestro.

“A ‘casca’ externa é uma camada de proteção que evita a abrasão dos grafismos presentes da camada impressa. A superfície branca, decorada com as cores da França – azul, branco e vermelho – é, portanto, mais durável”, explica Thomas Michaelis, gerente do projeto da Beau Jeu na Covestro.

A camada intermediária protege contra influências externas e garante a elasticidade da bola. Abaixo, há uma espuma de poliuretano com milhões de microesferas que garantem melhores características de vôo e, por fim, um adesivo de poliuretano liga as camadas superiores a um tecido especial de poliéster e algodão que serve como substrato.

Com vendas de EUR 12,1 bilhões em 2015, a Covestro está entre as maiores empresas de polímeros do mundo. Suas principais atividades incluem a produção de polímeros tecnológicos e o desenvolvimento de soluções inovadoras para produtos empregados em diversas áreas da vida cotidiana. Os principais segmentos atendidos são o automotivo, eletroeletrônico, construção civil e a indústria de esporte e lazer. A Covestro, antiga Bayer MaterialScience, possui 30 unidades fabris em todo o mundo e, no final de 2015, empregava aproximadamente 15.800 pessoas.

Fonte: Covestro

Curta nossa página no

Radici Plastics fornece poliamida para componentes de assentos de Arenas dos Jogos Olímpicos de 2016

08/03/2016

Radici_olimpiadasA Radici Plastics, um dos lideres mundiais na produção de plásticos de engenharia, é a fornecedora para componentes dos assentos de 5 Arenas Olímpicas.

Assim como ocorreu em 8 arenas na Copa do Mundo de 2014, a fábrica brasileira da Radici Plastics é a responsável por fornecer a matéria prima para o suporte de fixação, braços e articulação dos assentos que estarão presentes em 5 Arenas dos Jogos Olímpicos Rio 2016: Handebol, Hóquei sobre grama, Tiro Esportivo, Parque Aquático e Arena da Juventude.

O produto utilizado é o RADIFLAM® S PA6 com fibra de vidro, que, segundo à empresa, garante à peça resistência mecânica, propriedades antichama, resistência à exposição prolongada aos raios UV e outras condições climáticas severas, respeitando as normas rígidas solicitadas pelo Comitê Olímpico Internacional. A gama Radiflam® inclui tecnopolímeros termoplásticos autoextinguíveis à base de poliamida e poliéster, apropriados para aplicações de segurança, nas quais é requerida a resistência à propagação da chama.

“Segundo Jane Campos, CEO América do Sul da Radici Plastics, este é um reconhecimento por todo um trabalho que realizado há 19 anos no Brasil.

Os produtos desta linha observam os critérios de classificação V-0, segundo o ensaio de inflamabilidade UL 94, e a grande maioria dos graus comercialmente disponíveis são certificados pela UL – Underwriters Laboratories e relacionados no Yellow Card, afirma a empresa.

A RadiciGroup é um importante fabricante de poliamida e plásticos de engenharia para aplicações em muitas indústrias tais como: Automobilística – Elétrica e Eletrônicos – Técnico Industrial – Mobiliário – Bens de Consumo – Esportiva – Alimentícia. Com unidades de produção estrategicamente localizadas na Itália, Alemanha, Brasil, Estados Unidos, México, China e Índia, a RadiciGroup Plastics oferece processamento, controle de qualidade, pesquisa e desenvolvimento e apoio ao desenvolvimento tecnológico. Uma ampla rede de unidades de venda – de forte presença na Itália, Alemanha, França, Espanha, Grã-Bretanha, EUA, Brasil, China e Índia -– faz a RadiciGroup Plastics uma organização global, capaz de suprir as necessidades de seus clientes em todo o mundo.

Fonte – Assessoria de Imprensa (Radici Group)

Curta nossa página no

Tecnologia de grama sintética da Dow é testada por times de hóquei que se reuniram no Rio em evento-teste das Olimpíadas

21/12/2015

Hockey-Rio-2016

Seleções de oito países estiveram presentes no evento-teste de hóquei do Rio 2016 realizado no Parque Olímpico de Deodoro em 24 de novembro. O evento marcou o lançamento do campo de hóquei, pintado com cores que remetem ao Brasil

O palco para a competição de hóquei está pronto. Quatro seleções masculinas e quatro seleções femininas reuniram-se no Parque Olímpico de Deodoro, no Rio de Janeiro, entre 24 e 28 de novembro, para o evento-teste “Aquece Rio” – que compreende o ensaio técnico mais importante para os Jogos Olímpicos Rio 2016. A Dow está contribuindo com suas resinas para garantir uma superfície de padrão mundial e alto desempenho para o torneio olímpico de hóquei no Rio. A Dow é Parceira Olímpica Mundial e a Companhia Química Oficial dos Jogos Olímpicos.

O evento também marcou o lançamento de um componente importante do “Look of the Games”, identidade visual das Olimpíadas Rio 2016: as cores utilizadas no gramado do campo de hóquei, característica muito esperada desde o sucesso de Riverbank Arena dos Jogos Olímpicos de Londres 2012  e seu atrativo jogo de cores que combinava azul e rosa. Para as Olimpíadas do Rio, o Comitê Organizador do Rio 2016 e a Federação Internacional de Hóquei (FIH) optaram por um gramado azul com linhas verdes – padrão de cores que combina com a identidade visual dos Jogos Rio 2016 e reflete o espírito de celebração dos primeiros Jogos Olímpicos realizados no Brasil.
 
Condições de jogo de padrão mundial

As partidas de hóquei dos Jogos Olímpicos Rio 2016 serão disputadas em campos que contam com um sistema de grama sintética inovador, cujos fios foram desenvolvidos com as Resinas de Polietileno de baixa densidade linear Dowlex™ da Dow, além das tecnologias de poliuretanos da Companhia.

Segundo a Dow, o sistema é projetado para oferecer durabilidade superior por todo o tempo de vida útil do campo, além de uniformidade em todos os jogos que fazem parte da agitadíssima programação da competição. A colorabilidade é uma característica importante do componente dos fios, possibilitando características estéticas e design personalizados para a superfície de jogo.

O desempenho dos jogadores e a qualidade do campo foram as principais preocupações durante o desenvolvimento do sistema de grama sintética de hóquei para as Olimpíadas do Rio 2016. Amostras de grama sintética foram inspecionadas pelas equipes de Gerenciamento das Instalações e de Look of the Games do Rio 2016, além de membros da Federação Internacional de Hóquei e do Serviço de Transmissão dos Jogos Olímpicos (OBS) a fim de garantir que as cores escolhidas atendessem aos requisitos específicos para jogadores, árbitros, espectadores e equipes responsáveis pelas transmissões.

“Estamos muito entusiasmados com o fato das soluções e experiência da Dow na oferta de materiais para superfícies de jogo de padrão internacional servirem de palco para uma das competições mais esperadas das Olimpíadas do Rio”, destacou Nathan Wiker, Diretor Global de Marketing para Embalagens e Plásticos de Especialidades da Dow. “O hóquei é um jogo extremamente rápido. As cores do gramado permitirão que os espectadores do estádio e os que assistirão aos jogos pela TV acompanhem todas as jogadas mais facilmente graças ao alto nível de contraste entre a bola e o campo”.

Os jogos de hóquei serão realizados no Centro Olímpico de Hóquei, no Parque Olímpico de Deodoro, entre 6 e 19 de agosto de 2016. A competição reunirá as 12 melhores seleções masculinas e femininas do mundo. O complexo incluirá dois campos e uma área de aquecimento.

O portfólio da Dow nas áreas de Especialidades Químicas, Materiais Avançados, Ciências Agrícolas e Plásticos oferece uma ampla variedade de soluções e produtos baseados em tecnologia para aproximadamente 180 países e em setores de grande crescimento, como embalagens, eletrônicos, água, revestimentos e agricultura. Em 2014, a Dow teve vendas anuais de mais de US$ 58 bilhões e empregou aproximadamente 53.000 funcionários em todo o mundo. Os mais de 6.000 produtos da Companhia são produzidos em 201 unidades fabris em 35 países ao redor do mundo.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Dow / Foto: Miriam Jeske/Brasil 2016 / Autoridade Pública Olímpica

Curta nossa página no

Sustentabilidade e inovação são tema central da MaterialScience na FEIPLASTIC 2015

01/05/2015

Stand apresenta produtos destinados a diferentes segmentos e ressalta a importância da parceria com a indústria para o desenvolvimento de novas e eficientes soluções

MaterialScience LEDA MaterialScience, divisão de materiais inovadores do Grupo Bayer, participa da FEIPLASTIC – Feira Internacional do Plástico, que acontece de 4 a 8 de maio, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. A companhia apresentará ao mercado exemplos de soluções e sua colaboração com diferentes segmentos industriais, como automotivo, médico, e também os mercados de iluminação LED e chapas de policarbonato.

Em uma área de 150 m², a empresa explora a versatilidade do policarbonato, matéria-prima descoberta pela Bayer em 1953, em uma série de filmes e aplicações que vão de spoiler de carros até pequenos instrumentos médicos, passando por grandes fachadas de estádios e a iluminação LED presente em outdoors de todo mundo e também dentro de nossas casas. Entre os destaques da empresa estão os produtos das famílias Makrolon®, APEC®, Bayblend® e Makroblend®.

Haverá ainda uma área destinada à demonstração das chapas de Makrolon®. A intenção é verificar in loco o grau de resistência do material a partir da repetição de golpes no material.

Além disso, na quinta-feira, dia 7 de maio, das 16h às 17h45, a empresa ministra a palestra “Introdução ao Desmopan® 2015: Versatilidade a serviço da indústria” com o executivo Mathias Lauter, Technical Services and Application Development EMEA/LATAM. O evento será realizado na programação da Ilha do Conhecimento. Os visitantes poderão entender melhor a linha de termoplásticos de poliuretano Desmopan®, que pode ser utilizada em uma grande variedade de aplicações para uma série de segmentos industriais, como automotivo, eletroeletrônico e construção.

“Nosso principal objetivo é compartilhar as novidades sobre os plásticos de engenharia”, comenta Luis Carlos Sohler, Head da Unidade de Negócios Policarbonatos para a América Latina. “Eventos como este incentivam a discussão e a adoção de materiais e projetos já maduros em mercados como os Estados Unidos e Europa no Brasil e demais países da América Latina”, finaliza.

Agenda – 7 de Maio (16h às 17h45)
Palestrante: Mathias Lauter, Technical Services and Application Development EMEA/LATAM
Título: Introdução ao Desmopan® 2015: Versatilidade à serviço da indústria
Resumo: A apresentação mostrará a planta e o  processo de produção, além de trazer elementos básicos sobre a química do TPU. A parte técnica traz um aprofundamento dos diferentes processos de moldagem – principalmente por injeção e extrusão, bem como tópicos sobre resistência UV e explicações sobre a necessidade da pré-secagem do TPU. Entre os exemplos de aplicações podemos destacar: manoplas, sistemas táteis para pisos, capas para celulares, entre outras.

Sobre a MaterialScience: Com vendas globais de 11 bilhões de euros em 2014, a MaterialScience está entre as maiores empresas de polímeros do mundo. Suas atividades de negócios são focalizadas na produção de materiais de alta tecnologia e no desenvolvimento de soluções inovadoras para produtos usados no dia a dia. Os principais segmentos atendidos são o automotivo, eletroeletrônicos, construção e as indústrias de lazer e esportes. No final de 2014, a MaterialScience reunia 14.200 colaboradores em todo o mundo.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Material Science

Curta nossa página no

Torneio de hóquei dos Jogos Olímpicos Rio 2016 será disputado em gramado sintético de padrão mundial produzido com tecnologia Dow

07/04/2015

​​Companhia Química Oficial dos Jogos Olímpicos, a Dow trabalha com cliente estratégico para fornecer de superfícies de alto desempenho para os campos do Centro Olímpico de Hockey

Dow_at_London_2012Baseado no sucesso da experiência dos Jogos Olímpicos Londres 2012, a solução inovadora de grama sintética produzida com as tecnologias de polietileno (PE) e poliuretano (PU) da Dow será a superfície oficial dos campos onde acontecerão as disputas de hóquei dos Jogos Olímpicos Rio 2016, na Região de Deodoro.

A Dow, Companhia Química Oficial dos Jogos Olímpicos, vai trabalhar novamente em parceria com a Polytan STI, empresa com sede na Alemanha e fornecedora líder de superfícies esportivas para áreas internas e externas, para oferecer uma solução de grama sintética de alto desempenho, maior confiabilidade e velocidade para os melhores jogadores de hóquei do mundo que estarão no Rio. A Dow e seu cliente trabalharam juntos no Riverbank Arena, durante os Jogos Olímpicos Londres 2012, e ajudaram a definir um novo padrão para os mais importantes campeonatos de hóquei sobre grama do mundo.

Características inovadoras

Dois campos e uma área de aquecimento do Centro Olímpico de Hóquei, localizado no Parque Olímpico de Deodoro, além de dois campos a serem construídos na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), contarão com uma superfície de jogo completa, composta de materiais específicos de alto desempenho unidos por meio de camadas múltiplas. O sistema de superfície é projetado para oferecer maior durabilidade, aumentando a vida útil do campo e garantindo uniformidade durante o intenso cronograma de competições dos Jogos.

A produção de grama sintética é um processo complexo. O sistema começa com a produção da base principal (masterbatch) e dos fios para a grama. Os passos seguintes, de inserção de tufos e desenvolvimento do suporte, proporcionam uma liga mais resistente, mesmo quando a grama está molhada. Para a camada superior da superfície, o fio polimérico proporciona resistência ao desgaste e absorção de energia, combinado com suavidade e velocidade. Este sistema de grama completo, que embute propriedades de amortecimento, oferece propriedades de estabilidade, durabilidade, absorção de impactos e redução de esforço, beneficiando os jogadores e o esporte.

O sistema com certificação internacional também possui capacidade de coloração, o que possibilita características estéticas e de design personalizadas para a superfície de jogo. As Olimpíadas de Londres 2012 marcaram o primeiro campeonato olímpico de hóquei em gramado azul da história. O azul permite que jogadores, equipe de arbitragem, espectadores e profissionais de mídia acompanhem mais facilmente o jogo por oferecer um alto nível de contraste com a bola amarela e as linhas demarcatórias brancas.

“O posicionamento único da Dow como Companhia Química Oficial dos Jogos Olímpicos e líder global no setor de plásticos, combinado à experiência de nosso cliente em superfícies de jogo sintéticas, nos permite oferecer as melhores condições de gramado para os maiores atletas do mundo – não só de hóquei, mas também de outros esportes”, destacou Ana Carolina Haracemiv, Diretora Global de Marketing para a unidade de Embalagens e Plásticos de Especialidade da Dow. “A solução que desenvolvemos em conjunto é durável, exige pouca manutenção, mantém-se uniformemente plana e veloz partida após partida, além de não necessitar de água como a grama natural”.

Contribuindo para o legado Olímpico no Rio

Além dos atletas olímpicos, os cidadãos do Rio se beneficiarão das inovadoras superfícies de jogo que serão instaladas em Deodoro, uma vez que o parque olímpico será um dos principais legados da cidade após o término das Olimpíadas. A Dow e seu cliente planejam doar material para a construção dos campos de hóquei a fim de garantir seu uso em longo prazo.

“A contribuição que estamos recebendo da Dow e seu cliente é um exemplo extraordinário de como os Jogos Olímpicos Rio 2016 estão transformando – para melhor – a nossa cidade e suas comunidades”, afirmou Sidney Levy, CEO do Rio 2016. “São necessários verdadeiro espírito olímpico, parcerias sólidas e cidadania corporativa para que possamos oferecer esse legado único para o futuro do Rio”.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Dow

Curta nossa página no

Soluções em plásticos da BASF apresentadas durante a K 2013 vão desde aplicações em bicicletas até assentos para carros

15/10/2013
  • Bicicleta conceito produzida com mais de 20 plásticos diferentes
  • Ao vivo no estande da BASF: produção de partes compostas com diversos materiais
  • Pela primeira vez em público: protótipos da competição de design de assentos para carros

Basf_BycicleNa feira  K 2013, que começa nesta quarta (16/10), a BASF disponibiliza novas ideias ainda mais empolgantes  aos visitantes da exposição da indústria de plásticos. Além da notável bicicleta com mais de 20 aplicações plásticas, algumas altamente inovadoras, serão exibidos três protótipos exclusivos dos vencedores da competição de design de assentos para carros, intitulada “sit down. move.”. Os visitantes presentes no estande da companhia poderão sentar-se em mais de 200 A-chairs da Brunner. Um elemento de cozinha da Blum que estará em demonstração apresentará a funcionalidade de elementos deslizantes e de alta performance em gavetas e dobradiças de armários. O grande evento ao vivo contará com a produção de um compartimento protetor com vários materiais a partir do novo pacote de produtos e serviços Ultracom™ para compostos reforçados com fibra.

No estande B52/C58, corredor 5, da fabricante de máquinas Engel, os visitantes poderão presenciar o processo “RTM” (moldagem por transferência de resinas). Uma proteção de bloqueio da fechadura para o veículo esportivo X-Bow da KTM será produzida por meio do um processo RTM como demonstração em uma v-duo 700 da Engel com o sistema de poliuretano da BASF.

Demonstração ao vivo: novo sistema para processar compostos semiacabados

Utilizando-se da produção de um compartimento de invólucro rígido com diversas partes em uma demonstração ao vivo no estande, a BASF demonstrará sua expertise em materiais e tecnologias de processamento que a empresa oferece em Ultracom™, seu novo pacote de produtos e serviços para partes compostas com reforço em fibra contínua. Como parte da demonstração, as pastilhas de laminados termoplásticos Ultralaminate™, que foram produzidas antecipadamente, serão submetidas inicialmente a um tratamento de plasma para assegurar uma excelente aderência ao componente flexível e, em seguida, colocadas por um robô (da FTP Co.) em um molde da Glittenberg Co. Na etapa principal, o Ultralaminate será recoberto com o componente rígido Ultramid® (PA) e o componente flexível Elastollan® (TPU). Todos os invólucros bipartidos produzidos deste modo podem ser montados para formar um compartimento que pode ser travado. A máquina de moldagem por injeção será fornecida pela Arburg Co.; já os corantes plásticos são baseados nos pigmentos da BASF. Amparada por seu pacote Ultracom™, a BASF oferece atualmente, além de Ultralaminate, Ultratape™ com o sistema de moldagem multicomponente à base de Ultramid® COM e a plataforma de desenvolvimento associada com know-how de design, produção e testes.

Uma e-bicycle como “experimento elaborado” – materiais a serem considerados

As bicicletas feitas quase completamente de plástico já existem há muitos anos. O que ainda não existia até então era um conceito de e-bicycle que incorpora muitos tipos diferentes de plásticos, e por que não dizer plásticos altamente inovadores, que oferecem benefícios específicos. A partir da unidade de negócios Materiais de Performance estabelecida em janeiro de 2013 para consolidar os plásticos de poliuretanos até termoplásticos, espumas, resinas epóxi e produtos compostos, a BASF apresentará uma bicicleta conceito para demonstrar potenciais capacidades: idealizada pela agência de design DING3000, a e-bike “Concept 1865 – Rethinking Materials” (Conceito 1865 – Repensando Materiais, em português)  utiliza mais de 20 plásticos diferentes da BASF. Por que 1865? A BASF foi fundada exatamente no ano em que surgiram as primeiras bicicletas com pedais: é por este motivo que o estudo de design da bicicleta funcional e pronta para pedalar tomou a forma de uma bicicleta de banco alto histórica. Ela incorpora um “experimento elaborado” no tópico “Repensando Materiais”. O veículo é um convite para que os clientes desafiem os produtos estabelecidos e desenvolvam, em parceria com a empresa, ideias que possibilitem novas aplicações para mobilidade e urbanização com base em plásticos modernos.

Pela primeira vez em público: os protótipos de assentos para carros “sit down. move.”

Durante a K 2013, a BASF apresentará pela primeira vez ao público em geral os protótipos dos três conceitos vencedores da primeira competição mundial de design “sit down. move.” para assentos de automóveis. Desde março de 2013, a empresa possui modelos em escala completa dos três protótipos dos vencedores do estudo do conceito e apresentará os objetos aos visitantes da feira comercial. Os protótipos se baseiam nos designs de Song Wie Teo (University of Coventry, Reino Unido), Joonyoung Kim (College for Creative Studies, Detroit, EUA) e Pantila Debhakam (agência de design shakes bkk, Bangkok, Tailândia) e estão caracterizados por uma combinação de criatividade e conhecimento dos materiais da BASF.

Elemento de cozinha da Blum

O novo conceito “Servo Drive” da Blum pode ser vivenciado em primeira mão em uma célula de cozinha transparente: a abertura e o fechamento elétricos de gavetas e tampas com suavidade e amortecimento exigem trilhos e elementos com propriedades deslizantes. Aqui, os plásticos de engenharia da BASF -Ultraform® (POM) e Ultramid® (PA) – desempenham seu papel.

Fonte: BASF

Curta nossa página no