Lummus e Braskem firmam parceria para licenciamento de tecnologia para dois projetos de eteno verde

Lummus e Braskem assinam memorando de entendimento para licenciamento em conjunto de tecnologia para produção de eteno verde a partir de etanol, com base no processo operado pela Braskem em sua planta localizada na cidade de Triunfo (RS)

A Lummus Technology anunciou a assinatura de um memorando de entendimento com a Braskem Netherlands B.V., uma subsidiária da Braskem. O memorando de entendimento estabelece o licenciamento da tecnologia de eteno verde, de propriedade da Braskem, para dois projetos de conversão de etanol para eteno, em desenvolvimento na América do Norte e na Ásia, o que sinaliza um interesse global na tecnologia.

“Nossa parceria com a Braskem é um passo muito importante para o fortalecimento da liderança tecnológica da Lummus na transição energética”, afirma Leon de Bruyn, Presidente e CEO da Lummus Technology. “A Lummus, como a maior fornecedora de tecnologia para produção de eteno do mundo, está confiante nas soluções verdes que poderemos desenvolver juntos à Braskem, líder de mercado e pioneira na produção de biopolímeros em escala industrial, reconhecida pela sua atuação na economia circular. Nossa expertise, experiência e recursos coletivos irão acelerar a circularidade em nosso setor e ajudar os clientes a descarbonizar seus investimentos e a fazer produtos mais verdes”.

“A Braskem e a Lummus estão juntando todo o seu conhecimento para fomentar o desenvolvimento da química sustentável”, destaca Walmir Soller, VP de Olefinas e Poliolefinas da Braskem na Europa e Ásia e Líder Global do Negócio de PE Verde. “A Braskem, há mais de 10 anos produzindo o eteno verde a partir do etanol, proveniente da cana-de-açúcar, e a Lummus, com sua capacidade de licenciamento de processos e tecnologias, oferecerão uma base sólida para o crescimento dessa alternativa de fonte renovável, que permite transformar o carbono capturado da atmosfera em plástico e outros produtos químicos, contribuindo para o combate às mudanças climáticas”.

Além do memorando de entendimento, a Lummus e a Braskem estão discutindo um acordo de longo prazo para permitir a Lummus licenciar a tecnologia de eteno verde da Braskem como uma forma de acelerar o uso pelo setor químico de matéria-prima renovável e de combater as mudanças climáticas, convertendo carbono circular da atmosfera em plástico, como uma alternativa ao petróleo. Isso se alinha com os objetivos das duas empresas de ajudar na redução de emissões de carbono e de desempenhar um papel importante na transição energética e na economia circular.

Esse memorando de entendimento também reflete a diretriz empresarial estratégica da Lummus, por meio de sua subsidiária Green Circle, como uma liderança na comercialização e no desenvolvimento de soluções inovadoras para abordar os pilares principais da transição energética, incluindo a reciclagem de resíduos plásticos ao fim de sua vida útil, a produção de químicos sustentáveis feitos a partir de base biológica e as estratégias de descarbonização para ativos existentes e novos.

Líder e reconhecida pelo mercado em tecnologia de eteno, a Lummus licenciou mais de 120 plantas de eteno no mundo todo, representando aproximadamente 40% da capacidade de eteno mundial. A Lummus também concluiu mais de 200 projetos de base, renovação e design de expansão de eteno, mais do que qualquer concorrente em licença tecnológica.

Curta nossa página no

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: