Mercado de silo bolsa para armazenagem de grãos cresce mais de 36% em 2020

A solução de armazenagem de grãos, produzida pela Pacifil Brasil com resina da Braskem, acompanhou as safras recordes brasileiras e vivenciou um aumento de demanda expressivo, que deve se manter em 2021

As safras de grãos brasileiros têm batido recordes consecutivos. O resultado expressivo no campo aqueceu também o mercado de silo bolsa, solução de armazenagem produzida em plástico, que teve um aumento de mais de 36% na demanda em 2020 e segue crescendo em 2021. A Pacifil, parceiro comercial da Braskem, é líder no mercado brasileiro desta solução, a qual contribui para reduzir o déficit de estocagem de grãos no país.

O silo bolsa é um túnel flexível, produzido com polietileno (PE), disponível em diferentes dimensões e com capacidade para conservar grãos por mais de 12 meses. A solução é de simples manuseio na hora da armazenagem, já que não depende de nenhum tipo de estrutura física especial. Entre as principais vantagens que o uso traz ao produtor rural estão a possibilidade de estocagem na própria lavoura, o baixo custo operacional e a alta rentabilidade, uma vez que permite que o produtor faça a programação da comercialização dos grãos.

“A parceria entre a Braskem e a Pacifil é bastante frutífera e um dos resultados é a contínua inserção no mercado do silo bolsa produzido a partir de polietileno. Conhecemos a relevância da solução para o produtor, pois ela sana os desafios de estocagem de grãos, gerando maior independência e rentabilidade. Por isso, estamos muito satisfeitos com esse aumento de mercado da Pacifil. O crescimento demonstra como as nossas equipes têm em seu DNA a constante busca por soluções inovadoras, melhorando a vida dos consumidores e sempre alinhada com os propósitos e estratégias de seus clientes, fornecendo apoio do início ao fim do processo”, comenta Eduardo Pascowitch, gerente comercial responsável pela conta da Pacifil e líder do segmento de Plasticultura na Braskem.

Ana Paiva, especialista em Desenvolvimento de Mercado da Plataforma Agro da Braskem, explica que a ensilagem dos grãos e sua posterior extração do silo bolsa são operações simples que utilizam apenas uma embutidora (para enchimento da bolsa) e uma extratora (para retirada dos grãos da bolsa). “O período extenso de armazenamento da safra é garantido pela retirada do oxigênio de dentro do silo bolsa, o que impede o desenvolvimento de pragas e insetos e mantém a qualidade inicial do produto, assegurando o valor e evitando a queda no valor final. O silo bolsa empodera o agricultor, uma vez que coloca em suas mãos a decisão sobre o melhor momento para comercializar a safra”, diz.

“Há mais de 20 anos a Pacifil comercializa o silo bolsa e a parceria com a Braskem é fundamental para entregarmos aos produtores uma solução de qualidade. Em 2020, tivemos um aumento de cerca de 10% de marketshare por conta desse produto, o que consolidou a nossa liderança no segmento e reforçou a necessidade do uso do silo bolsa no agronegócio brasileiro por ser um sistema versátil, o qual ajuda em vários momentos da cultura de grãos. Entre os modelos de silo bolsa que mais se destacam estão os de 100m ou 125m, que possuem maior capacidade de armazenagem, menor custo por tonelada e menor ajustes na operação, aumentando a velocidade de estocagem”, comenta Gustavo Bazzano, diretor comercial da Pacifil.

Curta nossa página no

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: