Vendas da Evonik crescem 7% no terceiro trimestre de 2018

  • Ebitda ajustado subiu 8% para 692 milhões de euros
  • Perspectivas para o ano 2018 se confirmam

A Evonik aumentou o Ebitda ajustado do terceiro trimestre de 2018 para 692 milhões de euros (ano anterior: 640 milhões de euros). Os dois segmentos de crescimento – Nutrition & Care e Resource Efficiency – contribuíram de modo considerável para o incremento das receitas e da rentabilidade. A margem Ebitda ajustada aumentou para 18,2% quando comparada aos 18% no mesmo trimestre do ano anterior.

As vendas subiram para 3,8 bilhões de euros no terceiro trimestre (ano anterior: 3,6 bilhões de euros), basicamente devido ao aumento nos preços de venda. A receita líquida ajustada cresceu 35% para 370 milhões de euros, o que corresponde a um lucro ajustado de 0,79 euro por ação.

“Estamos implementando a nossa estratégia de maneira consistente”, diz Christian Kullmann, Presidente da Diretoria Executiva. “Vamos continuar adaptando o nosso portfólio de forma ativa, trazendo inovações para o mercado e promovendo a mudança cultural na empresa”.

Previsões confirmadas

A Evonik confirma que mantém a sua previsão para o ano fiscal de 2018, que a empresa havia aumentado após o primeiro semestre do ano, e continua contando com um Ebitda ajustado entre 2,60 e 2,65 bilhões de euros e um ligeiro aumento nas vendas (ano anterior: 14,4 bilhão de euros). A Evonik mantém a sua perspectiva de um fluxo de caixa notavelmente mais alto para 2018 em comparação com o ano anterior (511 milhões de euros).

A robusta demanda na maioria dos mercados finais relevantes deve se manter no quarto trimestre, especialmente nos segmentos de crescimento Nutrition & Care e Resource Efficiency.

Desenvolvimentos nos segmentos

Resource Efficiency: As vendas no segmento aumentaram 5% para 1,4 bilhão de euros no terceiro trimestre, enquanto o Ebitda ajustado, com 338 milhões de euros, ficou 9% acima daquele do mesmo trimestre do ano anterior. A margem Ebitda ajustada no segmento cresceu de 22,9% para 23,7%. A grande demanda por polímeros de alta performance usados no design leve e em tintas e revestimentos base água ambientalmente amigáveis impulsionou as vendas do trimestre.

Nutrition & Care: As vendas do segmento subiram 5% para 1,2 bilhão de euros. O Ebitda ajustado subiu 13% para 212 milhões de euros. O segmento conseguiu elevar significativamente a sua margem Ebitda ajustada para 18,2% (exercício anterior: 16,9%). A demanda se manteve alta na linha de aminoácidos para nutrição animal. As linhas de negócio Personal Care e Health Care continuaram se desenvolvendo bem.

Performance Materials: As vendas do segmento alcançaram um bilhão de euros no terceiro trimestre, um incremento de 13% na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. Os preços de venda foram mais altos, sobretudo em resultado da transferência do aumento nos custos das matérias-primas. Os baixos níveis de água no rio Reno reduziram os volumes de transporte, o que exerceu impacto negativo sobre o fluxo de matérias-primas e mercadorias. A linha de metacrilatos se beneficiou de uma boa demanda continuada, especialmente nas indústrias automobilística e de tintas. O Ebitda ajustado do segmento, de 172 milhões de euros, ficou no nível daquele do mesmo período do ano anterior, enquanto a margem Ebitda ajustada caiu de 18,8% para 16,6%.

Fonte: Evonik

Curta nossa página no

Anúncios

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: