Amaplast expõe na Plastimagen 2017; México é 3o. principal destino de exportação de máquinas italianas para plásticos e borracha

A Amaplast decidiu expor na Plastimagen México 2017 à luz da tendência das vendas italianas de máquinas de plásticos e borracha para processadores mexicanos, que tem crescido de forma constante e significativa, especialmente nos últimos três anos: de 85 milhões de euros em 2014, para 100 em 2015 e 173 em 2016. Este é o melhor desempenho já registrado, pelo menos entre os dez principais mercados de exportação italianos do setor.

É por este motivo que a Amaplast (associação italiana que reúne 170 fabricantes de máquinas para plásticos e borracha e moldes, filiada à Confindustria) coordenou o pavilhão italiano na 21a. Plastimagen, hospedando cerca de quarenta empresas em 850 m2 de espaço.

Além disso, pelo menos trinta empresas italianas adicionais participaram da Plastimagen 2017, algumas delas representadas em stands de seus agentes ou sucursais locais.

“Uma presença tão considerável”, destacou Alessandro Grassi, presidente da Amaplast, “confirma o México como um dos principais mercados de destino para as exportações italianas de máquinas para plásticos e borracha: de fato, em 2016 o país ficou em terceiro lugar, com uma participação de 5,8% do total.”

Também vale a pena salientar que uma parte expressiva das vendas italianas para o México é representada por linhas de extrusão e outras máquinas de processamento de alto valor agregado, que muitas vezes são fabricadas de acordo com as especificações do cliente. Por um lado, isso representa claramente a necessidade dos processadores mexicanos de atualizar seus equipamentos instalados e, por outro, a capacidade dos fabricantes italianos de fornecer tecnologias avançadas para produzir itens de alta qualidade em larga escala.

A indústria manufatureira mexicana – que está fortemente ligada à economia dos EUA, embora se inclinando a um desenvolvimento mais independente – está passando por uma fase de forte crescimento que está se espalhando por outros setores, como o automotivo e de embalagens, que usam uma grande quantidade de plásticos e borracha.

“De qualquer forma”, continua Grassi, “esta feira é uma vitrine muito importante para a Made in Italy, que está entre os principais países exportadores do mundo no setor”.

As seguintes empresas associadas da Amaplast estiveram exibindo no pavilhão italiano: Bausano & Figli, BMB, Borghi, Cantoni, CMS, Dega, Elba, Filtec, Frigosystem, Gamma Meccanica, Gavo Meccanica, Icma San Giorgio, LTL, Macchi, Marra, Meccanica Generale, Moretto, Negri Bossi, Omipa, Plas Mec, Plastiblow, Previero N./Sorema, Promixon, Sica, Tecnomatic e Tecnova.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Amaplast

Curta nossa página no

Anúncios

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: