Stand da Arburg na K 2016 atraiu milhares de visitantes

arburg_111251-exhibition-stand-k2016

• Estréia mundial: Nova Allrounder com força de fechamento de 6.500 kN, novo sistema de controle e novo design
• Dez mil visitantes conheceram em primeira mão os destaques no stand da empresa
• Allrounder, Freeformer, Industry 4.0 e aplicações inovadoras

Aqueles que queriam conhecer mais sobre inovações e tendências em  injeção e impressão 3D na Feira Internacional K2016 em Düsseldorf (Alemanha) não tinham como deixar de ir ao stand da Arburg. De 19 a 26 de outubro de 2016, mais de 400 funcionários e parceiros comerciais da Arburg, vindos de 53 países, apresentaram 12 mostras inovadoras no próprio stand da empresa, enquanto outras quinze máquinas adicionais estavam sendo exibidas em stands de parceiros. A principal atração foi a nova máquina híbrida Allrounder 1120 H – com uma força de fechamento de 6.500 kN, a maior máquina injetora da linha de produtos da Arburg. Características pioneiras da nova máquina incluem seu sistema de controle Gestica, bem como um novo design estético e funcional com o qual esta estréia mundial foi apresentada. De acordo com o jornal diário da K 2016, o brinde mais popular durante a K 2016 foram os relógios de pulso da Arburg feitos com borracha de silicone.

“A nossa pioneira máquina de grande porte anuncia a próxima geração de Allrounders. A resposta foi impressionante. Nós estamos extremamente satisfeitos. Evidentemente, nós atendemos perfeitamente aos desejos de nossos clientes”, resume Michael Hehl, Sócio-Gerente e Porta-voz da Equipe de Gestão da Arburg: “Virtualmente, nenhum outro fabricante oferece uma gama tão ampla de soluções para a produção eficiente de peças plásticas. Desde itens produzidos em grandes quantidades até lotes pequenos (mesmo que de uma única unidade), nós mostramos aplicações e técnicas inovadoras, demonstrando uma vez mais a nossa força inovadora. “

Nova marca-compromisso: “Wir sind da.”

“No entanto, nossa oferta vai muito além desses serviços tecnológicos”, enfatiza a sócia-gerente Juliane Hehl: “Na K 2016, nós combinamos nossa marca-compromisso com um visual-chave especial -“Dare to Dream. Wir sind da” (Ouse sonhar. Nós estamos aí). Isto tem o objetivo de expressar o fato de que estaremos sempre lá onde o cliente possa estar – em termos geográficos, tecnológicos, mentais e físicos. Você pode confiar em nós, assim como em um confiável membro da família. Nós prometemos a nossos clientes e parceiros que nós nunca vamos transigir no nosso compromisso com eles. Esta é uma idéia que foi bastante tangível em Düsseldorf. O stand da Arburg teve milhares de visitantes internacionais e o clima no stand foi extremamente positivo. Não poderíamos querer mais”.

Arburg surpreende os especialistas da indústria

Após o lançamento do Freeformer na K 2013, este ano foi a vez da Allrounder híbrida 1120 H fazer sua estréia internacional. A Arburg ampliou assim o seu intervalo de Forças de fechamento em 30%, disponibilizando agora máquinas com até 6.500 kN. “Juntamente com o novo design da máquina e o sistema de controle Gestica, conseguimos genuinamente surpreender os especialistas da indústria novamente, dando-nos muito o que falar em nossas discussões”, acrescenta Gerhard Böhm, Diretor-Gerente de Vendas. “Nossas mostras cobriram uma ampla gama de indústrias e aplicações e foram muito bem recebidas pelos visitantes. Levando tudo em conta, raramente tivemos tantas discussões de alta qualidade em uma feira antes. O interesse internacional em alta tecnologia de injeção “Made in Germany” ainda é muito alto. Desde a máquina elétrica de nível básico até complexos sistemas turnkey e o Freeformer para aplicações de impressão 3D industriais, a Arburg mostrou soluções de produção eficientes para todas as indústrias e aplicações”.

Tendências da Indústria 4.0

Todo mundo estava falando sobre a Indústria 4.0 na K 2016. O Diretor-Gerente de Tecnologia e Engenharia, Heinz Gaub, explica a idéia por trás da mostra da Arburg no contexto dessa tendência da indústria: “Nós usamos o exemplo de uma etiqueta de bagagem “inteligente” para demonstrar o potencial da produção espacialmente distribuída e a possibilidade de individualizar peças produzidas em grandes quantidades em lotes tão pequenos quanto uma única unidade. Para este efeito, uma máquina injetora Allrounder foi combinada com um Freeformer (impressora 3D industrial) e o produto foi individualizado em uma base específica para cada cliente.  “Depois que duas peças foram moldadas usando uma Allrounder 375 V vertical e um chip NFC foi a elas integrado, os dados do pedido para o processo de produção subseqüente foram armazenados no chip e o produto tornou-se assim um portador de informação e dados, identificando-se nas várias estações e controlando seu próprio processo posterior de fabricação. Os processos subseqüentes incluíram a adição dos dados de endereço de um código QR por laser e a aplicação aditiva de um gráfico 3D usando o Freeformer. O computador central da Arburg armazenou todos os dados de processo e qualidade em um servidor central. O site individual do produto personalizado queria dizer que todos os dados de processo e qualidade poderiam ser rastreados na sua totalidade a qualquer momento.

No ponto de informação central “Indústria 4.0”, a última das cinco estações, a Arburg também ilustrou os benefícios da Indústria 4.0, bem como alguns modelos de negócios possíveis. Além da rastreabilidade,  também se incluem outras ações suportadas por dados usando o chip NFC integrado na etiqueta de bagagem, tais como a encomenda on-line de folhetos.

Como exemplo de “serviço inteligente”, uma Allrounder 270 S hidráulica foi usada para introduzir uma nova ferramenta de manutenção remota que permite um suporte on-line rápido, eficiente e confiável. A máquina injetora foi equipada com um roteador de serviço e firewall integrada para esta finalidade. Defeitos e sequências de processo podem ser analisadas e otimizadas eficientemente através do suporte on-line. Isso reduz tempos de espera desnecessários, máquinas paradas e,  portanto, custos.

Novas tecnologias de máquinas

Um Allrounder Cube 2900 foi apresentada pela primeira vez em Düsseldorf, usando um molde cubo de 32+32- cavidades do parceiro Foboha para produzir tampas bicolores de frascos de detergentes lava-louça Pril da Henkel, em um tempo de ciclo de 8,5 segundos . A produção para esta aplicação foi aumentada em dez por cento, apesar de uma exigência energética 25 por cento mais baixa. A Arburg adaptou a nova série, que está disponível com forças de fechamento de 2.900 e 4.600 kN, para aplicações de alta velocidade usando moldes-cubo pesando até 16 toneladas.

A série Golden Electric foi lançada na primavera de 2016 para facilitar uma entrada eficiente dos clientes no segmento de produção com injetoras elétricas. As novas máquinas elétricas com forças de fechamento de 600 a 2.000 kN ofereceram uma excelente relação preço / rendimento, afirma a Arburg, graças a uma padronização consistente. Na K 2016, uma Allrounder 470 Golden Electric com um molde de 32 cavidades produziu capas protetoras para uma aplicação na área de cuidados de saúde.

A nova máquina de mesa rotativa vertical Allrounder 2000 T, com diâmetro de mesa de 2.000 milímetros, também foi apresentada no stand do parceiro da Arburg, Lauffer Maschinenfabrik. O novo conceito de máquina tem uma área de instalação muito compacta, uma altura de mesa ergonomicamente eficiente de apenas 850 milímetros e espaço para moldes maiores.

Aplicações inovadoras

Um dos destaques do stand da Arburg foi um relógio de pulso “pronto para uso” em LSR/LSR, com design Arburg. O know-how integrado em injeção multi-componente,  automação e processamento de borracha de silicone líquida (LSR) foi demonstrado com um sistema turnkey. Uma Allrounder 570 A elétrica de dois componentes produziu duas pulseiras de duas cores com silicones líquidos (LSR) Silopren 2670 e 2620, de forma totalmente automática, com um ciclo de injeção de 75 segundos.

Não menos impressionante foi a produção de escadinhas dobráveis “prontas para uso”. Tanto a idéia, como o projeto e a implementação desta aplicação são originárias da Arburg. A peça central do sistema turnkey foi a nova máquina híbrida Allrounder 1120 H de alto desempenho, com uma força de fechamento de 6.500 kN, que produziu uma escadinha de 1.092 gramas em um tempo de ciclo de cerca de 60 segundos. O novo sistema robótico Multilift V 40 removeu as oito peças individuais do molde-família e colocou-as sobre uma mesa de transferência rotativa. Lá, as duas metades da escadinha foram pré-montadas e depois transferidas para um robô de seis eixos, onde os pés da escadinha foram adicionados;  as escadinhas acabadas foram então colocados numa correia transportadora. Neste conceito, o robô linear e o robô de seis eixos trabalham lado-a-lado, isto é, o robô de seis eixos se comunica diretamente com o Multilift V 40, que por sua vez é conectado ao sistema Gestica de controle da máquina.

A espumação física com Profoam foi uma aplicação inovadora para construção leve na qual os grânulos de plástico são misturados com um agente expansor gasoso antes da unidade de injeção. Uma Allrounder 630 S hidráulica produziu uma cobertura estruturada para interiores de carro a partir de PC (GF), em um ciclo tempo de cerca de 60 segundos. O controle dinâmico da temperatura do molde permitiu que uma superfície de alto brilho fosse produzida também com a técnica de espumação. A parte visível foi consistentemente projetada para espumação e, com uma espessura de parede de apenas 1,8 milímetros, atendeu às mesmas exigências que uma peça moldada com uma espessura de 2,5 milímetros, produzida com moldeagem por injeção compacta. Pesando cerca de 213 gramas, a cobertura estruturada era, portanto, cerca de 24% mais leve do que uma peça compacta equivalente.

Um exemplo de placas de Petri foi usado para demonstrar uma solução econômica, compacta e produtiva para a produção de itens de tecnologia médica de alto volume: uma Allrounder elétrica 470 A em uma versão de sala limpa produziu cerca de 4.500 bases e tampas por hora, correspondendo a uma produção de cerca de 16 milhões de peças por ano. As bases e tampas das placas de Petri foram feitas a partir de Poliestireno e foram produzidas utilizando-se um molde stack de 2 + 2 cavidades, em um tempo de ciclo de 3,2 segundos, sendo depois juntadas numa correia transportadora, montadas e empilhadas.

O estado atual da manufatura aditiva (impressão 3D)

Além do Freeformer que individualizou etiquetas de bagagem “inteligentes”, a Arburg também apresentou dois outros Freeformers.

Um deles foi usado para processar um novo material, a polieterimida (PEI), um plástico de alta temperatura. Uma das características notáveis desta aplicação foi a profundidade de camada de cerca de 0,14 milímetros e a qualidade associada à peça. 70 espaçadores usados em máquinas injetoras Allrounder, pesando apenas 0,09 gramas cada, foram produzidos em uma operação de pequenos lotes.

O terceiro Freeformer produziu um modelo para uma máquina Toggle (1:16). Consistindo de cerca de 100 milhões de gotas, o “bloco” resultante quase preencheu toda a câmara de construção. Depois que a estrutura de suporte foi dissolvida em um banho de água morna, o modelo de 738 gramas tinha cerca de 30 juntas móveis – assim como as “tesouras” de uma máquina injetora Toggle “real”.

Fonte: Arburg

Curta nossa página no

Tags: , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: