Cartaplast apresenta embalagens de Plástico Verde da Braskem

braskem_cartaplast

Bastante utilizado do mercado alimentício, o Plástico Verde tem uma nova aplicação em embalagens. A Cartaplast do Brasil, que comemora 25 anos de atuação, agora utiliza a resina de origem renovável na fabricação de bobinas picotadas, solução para acondicionamento de alimentos como carnes e aves. Com o lançamento, a empresa reduz os impactos no meio ambiente por meio da adoção de uma inovação tecnológica brasileira, desenvolvida pela Braskem.

O Polietileno Verde tem vantagens no que diz respeito à sustentabilidade. Além de ser obtido a partir de fonte renovável (cana-de-açúcar), ou seja, não consumir recursos fósseis limitados, captura CO2 durante seu ciclo de fabricação. As embalagens da Cartaplast do Brasil terão o selo I’m greenT, que garante a origem do produto.

Fundada em 1991, a Cartaplast do Brasil iniciou suas atividades produzindo e comercializando bobinas picotadas para atender à exigência do setor varejista e o segmento de distribuição de embalagens. Nos anos que seguiram, registrou uma série de aquisições em extrusoras e sacoleiras de última geração com a perspectiva de consolidação na indústria do plástico no Brasil, firmado – se como um importante player nacional no mercado de bobinas picotadas e sacolas plásticas. A estratégia de crescimento, apoiada na inovação e na expansão de capacidades para suprir a demanda do mercado proporcionou à empresa novo estágio de desenvolvimento em volume, qualidade e oportunidade de negócios.

Fonte Braskem

Curta nossa página no

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: