Think Plastic Brazil organiza mais de 80 encontros de negócios na Plastech Brasil

Projeto Comprador aproximou vendedores nacionais de sete empresas vindas de quatro países

ThinkplasticBrazil_plastechO Projeto Comprador do programa Think Plastic Brazil opera através da organização de uma série de encontros com duração de 20 a 30 minutos, onde, a partir de um formulário prévio, as empresas internacionais (compradoras), descrevem seu perfil e necessidades. Por outro lado, é feita uma triagem entre os associados do projeto (vendedores). “Depois disso, as empresas que ‘derem liga’, combinam visitas técnicas, e têm grande chances de concretização de negócios.

Sete compradores internacionais, de México, Panamá, Colômbia e Equador, recepcionaram os vendedores brasileiros em Caxias do Sul (RS).

Marco Wydra, gerente executivo do Think Plastic Brazil,  explica que o projeto tem três eixos estratégicos de atuação: o desenvolvimento empresarial, a promoção comercial e comunicação e a inteligência estratégica competitiva. “Visamos a inserção, incremento e consolidação das exportações de produtos transformados plásticos de pequenas, médias e grandes empresas; além da solidificação da cultura exportadora das empresas do setor; do aumento da base exportadora e da melhoria da exposição e imagem do setor no exterior”, ressalta o gerente do Think Plastic Brazil.

Para Wydra, a exportação deve ser vista como um processo constante, e não apenas uma alternativa em tempos de crise. “Não acredito em exportação esporádica. Uma vez entrando nesse segmento, não tem mais saída”, argumenta.

Associado ao Think Plastic Brazil há um ano, o supervisor de exportação da Mega Embalagens, empresa de Salvador do Sul (RS), Moisés Guidi, define o projeto como  bastante interessante e necessário, além de uma grande oportunidade para as empresas.

“Minha expectativa é de fechar negócios. Conversei com cinco compradores, e agendei algumas visitas. Acredito que a exportação é um mecanismo que traz visibilidade, agrega conhecimento, além de atualizar a empresa e auxiliar na sua imagem”, enumera Guidi, que já exporta para Uruguai, Argentina, Costa Rica, República Dominicana, México, Estados Unidos e Venezuela.

Do outro lado da mesa de negociação, o colombiano Víctor Pacheco, da empresa Alquería, ressalta a importância do projeto para as empresas compradoras, uma vez que ajuda a encontrar produtos que possam resolver problemas pontuais das empresas.

“Das reuniões feitas até agora, já tenho, sim, expectativa de fechamento de negócios. Esse projeto nos dá ainda ideias e visões diferentes, apresentando inovação”, emenda o colombiano que gostou muito do Brasil.

Sobre o Projeto Comprador do programa Think Plastic Brazil

O Think Plastic Brazil, criado em dezembro de 2003, é um programa de incentivo à exportação do plástico transformado brasileiro. Fruto de uma parceria entre a cadeia produtiva do plástico e o governo, por meio da Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a iniciativa tem como objetivos o incremento das exportações de produtos transformados plásticos – foco em Embalagens e Utilidades Domésticas, a solidificação da cultura exportadora das empresas transformadoras de plástico e o posicionamento do Brasil como Global Player.Hoje, o Think Plastic Brazil conta com a participação de cerca de 90 empresas.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Plastech Brasil 2015 / Foto: Gabriel Lain

Curta nossa página no

Anúncios

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: