Innova lança nova resina para o segmento de refrigeração

A Innova está lançando no mercado o seu mais novo grade de Poliestireno Alto Impacto (HIPS), o R 940D, desenvolvido especialmente para o segmento de Linha Branca.

O novo produto é resultado de um extenso projeto desenvolvido no Centro de Tecnologia em Estirênicos da Innova, em Triunfo/RS, em um processo colaborativo com o principal cliente do mercado de refrigeração.

Como explica o gerente de Tecnologia e Desenvolvimento da Innova, Marcus Dal Pizzol, trata-se de um caso de inovação focado no desenvolvimento tecnológico a partir da identificação de uma demanda específica de um segmento de mercado.

Nos refrigeradores atuais, tipicamente são utilizados entre 8 e 12 Kg de termoplásticos, dependendo do modelo.  Desse total, a maior parte é formada por Poliestireno de Alto Impacto, na forma dos chamados gabinetes (liners) e das contra-portas.

Essas peças de HIPS têm de atender a requisitos técnicos rigorosos, uma vez que além de executar uma função estrutural, devem suportar a agressividade de diversos agentes químicos, tais como os residuais presentes na espuma de poliuretano utilizada como isolante térmico, bem como de produtos de limpeza e de substâncias gordurosas oriundas dos alimentos acondicionados nas geladeiras domésticas.

Até cerca de 15 anos atrás, era comum a utilização de ABS ou de blendas de HIPS e polietileno para a fabricação dos componentes plásticos das geladeiras. Entretanto, com progressivos avanços tecnológicos na produção do HIPS, chegou-se ao chamado HIPS ESCR, isto é, o poliestireno resistente ao stress cracking. Contudo, entre as primeiras gerações desse material e as mais recentes, várias etapas foram superadas.

Mesmo dispondo de um grade de HIPS ESCR consagrado no mercado de refrigeração, o R 830D, com aplicações adicionais em embalagens alimentícias, a Innova decidiu inovar lançando um produto da geração seguinte, criando um diferencial que pode ser traduzido em uma vantagem competitiva para seus clientes.

O novo HIPS R 940D aporta um novo balanço entre rigidez,  tenacidade e resistência química. A consequência prática é a possibilidade de redução de espessura média de parede das peças entre 5 e 10%, dependendo da peça, mantendo-se a excelência na distribuição de espessuras, típica do grade R 830D, na termoformagem, e, portanto, sem perda de performance. Ao contrário, os resultados têm apontado um incremento na resistência química, especialmente às gorduras.

O desenvolvimento do R 940D, que gerou este conjunto otimizado de propriedades, resulta de uma formulação inovadora em termos de elastômeros butadiênicos e de uma morfologia alcançada nas condições específicas do processo de polimerização contínua em massa da Innova.

A redução de espessura de parede implica na diminuição do peso médio das peças e das geladeiras como um todo e, portanto, na mitigação de um eventual impacto ambiental, na medida em que se reduz a pegada de carbono do processo (produção e logística até a entrega ao usuário final), além da possibilidade de otimização de custos pelos clientes.

Em resumo, utiliza-se menor quantidade de material na produção de peças com a mesma performance, consome-se menos energia ao longo do processo produtivo, especialmente na termoformagem, e emite-se menor quantidade de gases de efeito estufa no transporte dos itens finais.

Este é um objetivo que sempre foi buscado pela equipe do Centro de Tecnologia em Estirênicos da Innova, na medida em que esse vem trabalhando com um conjunto de iniciativas e projetos inovadores que visam incorporar os conceitos de Sustentabilidade assumidos pela empresa.

Embora tenha sido lançado recentemente no mercado, o R 940D  alcançou sucesso e reconhecimento imediatos, tendo já atingido um percentual expressivo de participação no mix de vendas de Poliestireno da Innova.

Sobre a Innova:

A petroquímica Innova S/A é líder do mercado brasileiro de estirênicos. Com três plantas industriais instaladas no Polo Petroquímico do Sul, em Triunfo (RS), é a primeira e única companhia brasileira a integrar, em uma mesma localização, a produção de Etilbenzeno, Monômero de Estireno e de Poliestireno.

Fonte: Innova

Curta nossa página no

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: