Polo de transformação plástica celebra 25 anos na Serra Gaúcha

Setor gera 13 mil empregos diretos só na área de abrangência do Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás)

Jaime Lorandi, Presidente do Simplas

Jaime Lorandi, Presidente do Simplas

Uma das maiores concentrações de indústrias de transformação plástica do Brasil festeja na sexta-feira (29) o primeiro quarto de século de associativismo. Atualmente, mais de 13 mil trabalhadores estão empregados em cerca de 530 empresas, a maioria delas de micro e pequeno porte, em oito municípios do Rio Grande do Sul. Indústrias de Caxias do Sul, Coronel Pilar, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Nova Pádua, São Marcos e Vale Real trabalham com estimativa de faturamento anual superior a R$ 4 bilhões, na área de abrangência do Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás). Cerca de 300 convidados de representatividade comunitária, econômica, social e política são esperados para a celebração no Espaço Nobre Eventos, em Caxias do Sul (RS).

A ocasião marcará também a outorga do Mérito Plástico Pietro Zanella a dois ex-presidentes do Simplás: João Francisco Müller (gestões 1995 – 2004) e Orlando Marin (gestões 2004 – 2013). Müller ocupou, posteriormente, a presidência da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul, enquanto Marin preside o Conselho Consultivo do Sesi Caxias do Sul e segue no comando da Plastech Brasil – Feira do Plástico, da Borracha, dos Compósitos e da Reciclagem, organizada pela Plastech Brasil Eventos, unidade de negócios do Simplás. Na mesma oportunidade, dia 29, será lançado o livro comemorativo aos 25 anos do Simplás.

Já em novembro, entre os dias 5 e 7, o Simplás será um dos realizadores do Congresso Brasileiro do Plástico, que terá organização da Plastech Brasil Eventos, na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), em Porto Alegre.

“Vamos discutir a importância do plástico para a qualidade de vida dos 7 bilhões de habitantes deste planeta, no combate à fome, no saneamento, na geração de energia e na medicina”, acrescenta Lorandi.

A semana dedicada à celebração dos 25 anos do Simplás se iniciou na segunda-feira (25). Coube ao sindicato apresentar o palestrante para a tradicional reunião-almoço da CIC de Caxias do Sul, base do segundo maior PIB do Rio Grande do Sul.

Clayton Conservani, jornalista com quase 20 anos de Rede Globo, criador e apresentador do quadro Planeta Extremo  traçou paralelos entre os desafios no mundo corporativo e aqueles enfrentados por quem já escalou algumas das mais altas e perigosas montanhas do mundo, como o Everest, na Cordilheira do Himalaia, o Aconcágua, na Cordilheira dos Andes, e o Monte McKinley, no Alasca.

Presidente do Simplás, Jaime Lorandi dedicou a maior parte do discurso de abertura aos agradecimentos por quem faz a prosperidade da indústria de transformação da região – maior concentração do Brasil em um raio de 50 quilômetros.

Fonte: Simplas

Curta nossa página no

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: