Prêmio de Inovação Automotiva da SPE destaca colaboração do fornecedor de matérias-primas no desenvolvimento de equipamentos originais

Os materiais da SABIC – Innovative Plastics ajudaram o Grupo Chrysler, a Ford, a Nissan e a Volkswagen a ganhar destaque no 43o. Prêmio Inovação Automotiva da Sociedade de Engenharia de Plásticos (SPE), a mais tradicional e mais importante competição das indústrias automotiva e de plásticos. As aplicações ganhadoras dos prêmios por categoria incluíram o Grupo Chrysler (carroceria interna e painel de instrumento do Jeep Cherokee 2014MY) e a Ford (chassis/hardware, para-choque dianteiro absorvedor de energia do Fusion/Mondeo 2014MY). O uso de materiais específicos e o suporte oferecido pela SABIC aos diferentes projetos possibilitaram que cada um desses atendesse as necessidades variadas, como a redução de peso, a liberdade de estilo e a conformidade com as normas de proteção de pedestres. Cada um dos programas premiados destaca o valor da estreita colaboração em toda a cadeia de valor para o impulsionamento da inovação. Eles também destacam o poder de resolução de problemas da ampla gama de soluções de resinas termoplásticas da SABIC, além da colaboração no projeto da empresa e o suporte de engenharia.

Os clientes do setor automotivo da SABIC têm desfrutado da rica história de sucesso nesta competição. Desde 2008, as aplicações automotivas com materiais e suporte da SABIC produziram 10 vencedores do Prêmio de Inovação Automotiva SPE e 16 aplicações adicionais foram indicadas como finalistas. Os finalistas deste ano com aplicações moldadas a partir de materiais da SABIC incluem o sistema de teto panorâmico totalmente retrátil do Lincoln Sedan de Luxo MKZ 2014MY da Ford, as janelas laterais de policarbonato transparente do híbrido plug-in a diesel XL1 2013MY da Volkswagen e o sistema de bateria do veículo elétrico LEAF 2013MY da Nissan.

“Estamos mais uma vez felizes em ver as aplicações dos nossos clientes sendo indicadas como as principais inovações da indústria”, disse Scott Fallon, gerente geral de automotivos do negócio Innovative Plastics da SABIC. “É gratificante exercer a função de facilitador e ajudar nossos clientes a determinarem a combinação ideal de projeto, processos e materiais que dão vida a estas inovações. Estamos orgulhosos por fazermos parte desses prêmios e estamos ansiosos para avançarmos ainda mais junto com nossos clientes no futuro”.

Grupo Chrysler obtém o primeiro lugar em carroceria interna

SabicEste é o segundo prêmio concedido pela SPE para o painel de instrumentos (IP) do Jeep Cherokee 2014MY, o primeiro foi alcançado na Conferência de Poliolefinas de Engenharia Automotiva (TPO) realizada o mês passado em Detroit.

As peças moldadas em resina de poliolefina são de 2,5 a 4 mm o que significa que as peças são mais pesadas ​​e apresentam ciclos de moldagem longos. A utilização da resina STAMAX™ 30YK270 da SABIC ajudou na redução da espessura para 2,0 mm reduzindo o peso e oferecendo um ciclo de tempo até 30 por cento menor.

O IP foi projetado especificamente com resina STAMAX para reduzir a espessura da peça sem sacrificar o desempenho de impacto e resistência, os principais atributos do material de polipropileno reforçado com fibra de vidro longa. O fato de se utilizar de menos material na produção resulta em uma peça de parede fina que economiza milhões de libras de plástico durante a vida do programa.

Os especialistas automotivos da SABIC forneceram assistência de engenharia e apoio técnico significativo durante todo o programa, inclusive em modelagem avançada orientada para fibra, para reduzir o empenamento durante o desenvolvimento do produto e projeto dos moldes. O fornecedor neste estágio foi a Intertec System. A Windsor Mold Systems foi a produtora da ferramenta.

Ford  procurou atender às Exigências de Desempenho de Vanguarda em todos os mercados globais

Sabic_2A Ford levou para casa o prêmio na categoria Chassis/Hardware por seu projeto de absorvedor de energia (EA) do para-choque frontal de peça única, com flexibilidade de ajuste suficiente para atender às exigências dos concorrentes que existem no mercado global. A Ford, trabalhando com a Magna Exteriors and Interiors e a SABIC, escolheu a resina XENOY™ 1103, uma mistura de policarbonato (PC) /tereftalato de polibutileno (PBT) para esta peça única dos veículos Fusion and Mondeo 2014MY. A resina XENOY proporciona excelente absorção de energia no momento do impacto, com a necessária rigidez, e mantém a sua integridade estrutural em uma ampla gama de temperaturas. A flexibilidade do projeto foi obtida com o ajuste dos recursos da espessura e geometria do material na peça moldada por injeção, conforme apropriado, para atender as diferentes necessidades do mercado regional.

Além de cumprir sua função fundamental na absorção da energia de impacto com sua resistência estrutural superior, este sistema absorvedor de energia reduz a complexidade de projeto, fabricação e montagem. O conceito de projeto global de peça única elimina a necessidade de diferentes materiais para absorverem impacto, vigas e fáscias para para-choques para atender as exigências de impacto em diferentes países. Feita a partir de material plástico leve da SABIC, o absorvedor de energia é 40 por cento mais leves e 10 por cento menos dispendioso do que a peça feita em aço. A peça é 20 por cento mais leve que os absorvedores de energia à base de polipropileno mais grosso. Essa economia de peso contribui para uma melhor economia de combustível.

Aplicações finalistas da Ford, Nissan e Volkswagen impressionam

Os materiais e suporte da SABIC também estavam presentes nas seguintes aplicações finalistas:

·         O Sedan de luxo Lincoln MKZ 2014MY com o sistema de teto panorâmico totalmente retrátil e na categoria Chassi Externo: A Ford usou a resina LEXAN™, um material de PC para painéis de guarnição deste teto retrátil, com substituição do acrílico para conseguir o aprimoramento no desempenho contra arranhões/estragos e na estabilidade dimensional.

·         Veículo elétrico LEAF Nissan 2013MY Nissan LEAF veículo elétrico, bateria, categoria Sistemas Elétricos: A Nissan escolheu a resina NORYL™ N1150, um material de éter de polifenileno modificado (MPPE) para utilização nos principais componentes de seu sistema de bateria Lítio-Ion. Uso da resina NORYL permitiu à Nissan reduzir o peso das peças em até 20 por cento. A alta temperatura da resina e a estabilidade dimensional de longo prazo lavaram ao aprimoramento significativo na qualidade da peça e permitiram a produção de baterias mais estáveis no sistema de montagem automotiva Nissan.

·         Híbrido plug-in a diesel XL1 Volkswagen 2013MY, janelas laterais, categoria Carroceria Externa: As janelas laterais, o único conjunto de seu tipo na indústria atualmente, são produzidas através de uma solução moldada por injeção em duas etapas que usa a tecnologia de revestimento por plasma EXATEC™ da SABIC em resina LEXAN e resina CYCOLOY™, um material de PC/ABS (acrilonitrila-butadieno-estireno). Estas soluções reduzem o peso das janelas laterais em 33 por cento versus as soluções convencionais em vidro, além de proporcionar aparência de alta qualidade óptica, superfície resistente a arranhões, características aerodinâmicas que ajudam a melhorar a economia de combustível, isolamento térmico aprimorado e redução do embaçamento. A SABIC apoiou totalmente no desenvolvimento das aplicações da Volkswagen, desde o projeto de engenharia até a e produção das janelas laterais.

Fonte:  SABIC

Curta nossa página no

Anúncios

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: