Espuma da BASF proporciona condições ideais de flutuação para veículos aquáticos

  • Interpolímero de Poliestireno/Polietileno possui absorção mínima de água e resistência a químicos
  • Espuma elástica-rígida garante flutuação ao casco do WaveRunner da Yamaha

BASF_Yamaha_2

Graças à utilização da espuma em partículas do Interpolímero Poliestireno / Polietileno (E-por®), os veículos aquáticos da linha WaveRunner da Yamaha Motors atendem aos requisitos de leveza e flutuação indicados pela Norma ISO 13590. A baixa densidade da espuma E-por®, que é instalada na dianteira e nas laterais da carroceria do modelo VX700S produzido pela fabricante japonesa, garantem a flutuação do veículo aquático pessoal (VAP).

O VX700S tem o peso composto principalmente pelo motor, jato, tanque e casco, e oferece uma capacidade de embarque de até três passageiros. Para obter a flutuação necessária, o veículo aquático exige uma estrutura estável que fornece a força de flutuação. A espuma funciona como estrutura flutuante graças à baixa densidade e ao bom perfil de material. O VX700S, com uma carroceria de 240 quilos, é o modelo de VAP mais leve para acomodar três passageiros já desenvolvido até hoje. Apesar de compor uma grande parte do volume total, as partes feitas com a espuma da BASF são responsáveis por apenas 3,3 quilos do peso total. Além disso, a espuma E-por® pode ser processada facilmente, como o EPS (poliestireno expansível), na densidade e na forma desejadas, permitindo, dessa maneira, que as partes moldadas sejam inseridas perfeitamente no revestimento.

Flutuação suficiente
Hiromi Ishizaka, Gerente de Contas da fabricante japonesa de moldes Astec Corporation, conjuntamente com sua parceira de negócio Sano Enterprises, orientou a Yamaha Motor durante a escolha do material: “O interpolímero da BASF oferece às nossas empresas e aos nossos clientes uma alternativa interessante para substituir outras espumas, e o E-por® impressiona por suas excelentes propriedades de material”. Em particular, a absorção mínima de água, a resistência à ruptura e também a boa resistência a químicos da espuma da BASF desempenharam um papel essencial no processo de escolha do material. Com essas características, a espuma também ajuda a aumentar o grau de rigidez do casco da embarcação. Keijiro Ikeda, gerente da Unidade de Negócio de Veículos Aquáticos da Yamaha Motors, explica:  “A espuma é ideal para utilização no WaveRunner, pois  atende as nossas exigências técnicas.”

Não é apenas uma atividade de lazer
Os VAPs consistem de um casco produzido com plástico reforçado com fibra de vidro e são fornecidos em diversos designs – desde as versões de condução em pé, ideais para uma única pessoa, até os modelos que acomodam até quatro passageiros sentados. Os VAPs são conhecidos principalmente no campo do lazer e normalmente encontrados em resorts com infraestrutura aquática, onde os veranistas alugam os veículos para passeios esportivos. No entanto, os veículos aquáticos também são usados como veículos rápidos e flexíveis para emergências, assim como para a execução de serviços como patrulhamento fluvial, combate a incêndios e resgate.

O mercado americano é o mais popular para os VAPs, o qual conta atualmente com cerca de 1,2 milhão de veículos registrados. A Yamaha Motors produz veículos aquáticos pessoais com a marca registrada “WaveRunner” desde 1986, ano em que a empresa foi a primeira fabricante a lançar um modelo com dois lugares sentados no mercado. A empresa japonesa conta com décadas de experiência na fabricação de barcos, motores de popa e motocicletas.

Espuma expansível
O E-por® é um interpolímero expansível à base de Poliestireno e Polipropileno (com teor de PS superior a 70%), que emprega um teor de agente expansor (pentano) inferior a 5%. Na sua formulação, os polímeros interagem uns com os outros e também com o agente expansor. Trata-se de uma espuma em partículas resistente à ruptura e com alto grau de resistência a solventes. Esta espuma elástica-rígida também pode ser armazenada, processada e reciclada seguindo o mesmo procedimento adotado para EPS (Poliestireno Expandido).

Fonte e foto: BASF

Curta nossa página no

Tags: , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: