Espuma de resina melamínica da BASF é usada para isolamento acústico de motor automotivo da Porsche

O novo Porsche Panamera conta com a espuma especial da BASF, Basotect®, para o isolamento acústico do motor

Basotect®, a espuma de resina de melamina da BASF, garante os efeitos sonoros corretos sob o capô do Porsche Panamera Diesel. A espuma é usada para isolamento sonoro e térmico no compartimento do motor, no túnel de transmissão e também no painel perto do motor do Gran Tursimo quatro portas. Além de suas boas propriedades acústicas e resistência térmica elevada, o baixo peso da espuma é o que atraiu especialmente os desenvolvedores de Stuttgart – fabricante de carros de luxo. A espuma Basotect é usada para absorver o som em veículos onde quer que haja altas temperaturas de operação durante um período prolongado de tempo, como nas paredes de separação entre o compartimento do motor e o interior do carro, apainelameto do capô do motor, estrutura próxima ao motor, e túneis de transmissão.

Leve e silencioso – espuma no compartimento do motor

A espuma Basotect é especialmente conhecida por suas excelentes propriedades acústicas. Graças a suas células abertas, ela possui valores de absorção de som muito bons nas faixas de freqüência média e alta. Condutores e passageiros no Panamera podem, portanto, aproveitar o típico som do motor do Porsche – sem o acompanhamento de ruído irritante. Com uma densidade de 9 kg/m3, a espuma Basotect é mais leve do que os materiais convencionais de isolamento geralmente utilizados no painel do motor. Isto reduz tanto o consumo de de combustível como as emissões de CO2.

As propriedades de resistência a temperaturas muito elevadas da espuma também desempenharam um papel importante na sua seleção como material. Basotect oferece longa duração de resistência térmica a mais de 200ºC. Jürgen Ochs, gerente de Ruído, Vibração e Resistência da Porsche, explica que “com seu motor a diesel de seis cilindros 184kW/250 HP, o compartimento do motor do Panamera é regularmente submetido a temperaturas de até 180ºC. E Basotect resiste a essas condições extremas.”

A espuma Basotect pode ser usada para fazer componentes 3D sofisticados e elementos personalizados para espaços muito apertados. A espuma de resina de melamina pode ser processada com precisão por lâmina e fio de corte, bem como por moagem e serração – possibilitando dimensões e contornos de componentes customizados serem fácil e exatamente produzidos. A espuma Basotect é também adequada para a termoformação, mas para isso a espuma deve ser impregnada antecipadamente. Dadas essas propriedades do material, a Porsche está planejando usar a Basotect para futuros desenvolvimentos de componentes também.

O Panamera foi apresentado pela primeira vez no Salão Automóvel de Shanghai em 2009, como o quarto modelo da série Porsche. De acordo com dados da empresa, mais de 28.000 destes veículos Gran Turismo medindo aproximandente cinco metros de comprimento foram vendidos em 2011. O modelo já está disponível em variações, incluindo Hybrid, Diesel, GTS, Turbo e Turbo S.

Sobre a Basotect

Basotect é uma espuma de células abertas e tem uma gama única de propriedades. O material de base a torna retardadora de chamas e abrasiva; ela pode ser usada em até 240ºC e reter as suas propriedades ao longo de um amplo intervalo de temperatura. Devido à sua estrutura de espuma de células abertas, ela é leve, absorvedora de som, flexível mesmo a baixas temperaturas e isolante térmica.

Fonte (incluindo foto): BASF

Curta nossa página no

Anúncios

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: