Nanotecnologia é abordada em Palestra durante Conferência Brasilplast.

A nanotecnologia aliada ao plástico. É isso que o público vai poder ver e entender durante a BRASILPLAST (13ª Feira Internacional da Indústria do Plástico).  Essa tecnologia consiste em manipular átomos e moléculas para modificar ou criar novos materiais, fazendo com que estes tenham características diferentes como maior resistência, maior durabilidade, resistência ao fogo, vedação mais eficiente, entre outros benefícios.

Usada em diversos segmentos, na indústria do plástico é possível encontrar a nanotecnologia em embalagens, materiais usados na indústria automotiva, entre outras. Os “Avanços da Nanotecnologia e sua Aplicação em Polímeros” é um dos temas que será apresentado pelo professor Dr. Henrique Toma, do Departamento de Química Fundamental do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP), durante a Conferência BRASILPLAST 2011, no dia 11 de maio.

Segundo Henrique Toma, a Nanotecnologia já está em sua segunda fase. “Na primeira etapa, os pesquisadores desenvolveram os Nanocompósitos, que são plásticos mais resistentes, de fácil moldagem e com características sustentáveis. Estamos na segunda etapa, onde estão sendo desenvolvidos materiais funcionais, que podem virar condutores elétricos, extremamente resistentes, bloquear chamas, gases, ajudando até a aumentar o tempo de prateleira ou validade dos alimentos. A próxima etapa será o desenvolvimento de materiais inteligentes, capazes de se regenerar e reagir de acordo com funções determinadas. Na quarta e última etapa, esses materiais não serão mais polímeros, e sim materiais biológicos, próximos a outros encontrados na natureza”, explica o professor.

A Nanox, empresa que atua nos mercados de aditivos antimicrobianos, lançará com exclusividade na BRASILPLAST, um produto antimicrobiano o NANOXClean, um pó que é incorporado em qualquer tipo de plástico e torna o material antimicrobiano, bactericida, fungicida e acaricida. É o primeiro produto desenvolvido e fabricado no Brasil com a nanotecnologia e certificado pela ANVISA. O produto foi criado pela empresa com o financiamento da FAPESP, FINEP e CNPq, ou seja, tecnologia 100% nacional.

Além dos avanços da Nanotecnologia, a Conferência traz temas como Sustentabilidade na Cadeia do Plástico, tendências e novas tecnologias, como a Aplicação Estrutural de Materiais Compósitos; Desempenho e Eficiência em Injetoras; e Utilização e Aplicação de Injetores Híbridos e Elétricos. Também estará em pauta ampla análise do cenário econômico nacional com foco na competitividade para o mercado de plástico, importação de matérias primas, tendências de preços, investimentos e gestão de parques industriais de transformadores.

Fonte: Reed Alcântara Machado

Anúncios

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: