Prédio-sede do Departamento de Energia dos EUA instala coberturas frias de PVC para reduzir custos de energia.

O prédio oeste da sede do Departamento de Energia (DOE) recebeu a proteção de 2.322 m2 de cobertura branca de PVC, econômica, durável e energeticamente eficiente.  A instalação da cobertura fria não gerou custos adicionais ao projeto de reforma.

Esse tipo de cobertura possui superfície com cores suaves ou revestimentos especiais para refletir o máximo da luz solar, aumentando a eficiência do edifício, reduzindo custos com refrigeração e compensando as emissões de carbono. A nova cobertura do DOE utiliza PVC com espessura de 60 milímetros e colabora com o plano de metas do Presidente Obama para redução das emissões de gases do efeito estufa.

O secretário de Energia, Steven Chu, aconselhou a instalação das coberturas frias, quando financeiramente viáveis, em todos os escritórios do Departamento de Energia em construção ou em reforma. Ele afirmou: “O Departamento de Energia está tomando a liderança, por exemplo, ao demonstrar como as coberturas frias podem ajudar a obter significativa redução de custos e de consumo de energia. Essa é uma tecnologia simples, de baixo custo, que pode gerar benefícios para o governo, para as empresas e proprietários de residências em todo país.

Durante o primeiro semestre, o DOE vai instalar uma nova cobertura no prédio sul, de aproximadamente 6.100 m2. Como resultado da instalação nos dois prédios, os contribuintes irão economizar anualmente USD 8.000,00 com custos de energia.

Os telhados e o asfalto das ruas cobrem de 50 a 65% das áreas urbanas. Os materiais tradicionais, de cor escura, utilizados nos telhados absorvem de 80 a 90% da energia solar, elevando as temperaturas na superfície e consequentemente o calor interno dos edifícios. Esse fato requer mais instalações de aparelhos de ar condicionado. Os telhados brancos, ou com “cores frias” absorvem 50% a menos da energia solar, diminuindo a temperatura do telhado e a demanda do pico de energia em torno de 10%.

Um telhado escuro pode atingir temperaturas entre 65 a 87 oC em dias quentes, enquanto que o telhado frio, sob as mesmas condições,  irá aumentar somente de 10-25 graus a temperatura ambiente, isto é, menos 50 graus  em comparação aos telhados escuros. Um estudo realizado pelo Laboratório Nacional Lawrence Berkeley (LBNL) chegou à conclusão que os telhados ou pavimentações frias podem auxiliar a reduzir a demanda por ar condicionado, diminuir a temperatura de cidades inteiras, e cancelar potencialmente os efeitos do aquecimento das emissões de dióxido de carbono, em até dois anos. Eles estimam que se três em quatro prédios comerciais nos Estados Unidos recebessem cobertura fria, as economias de energia no funcionamento dos aparelhos de ar condicionado poderiam reduzir as emissões de CO2 em aproximadamente 6 milhões de toneladas/ano, o equivalente à retirada de 1 milhão de veículos de circulação das ruas.

Muitos proprietários de grandes complexos comerciais, industriais e residenciais, assim como associações nacionais e órgãos governamentais estão instalando laminados refletivos de PVC branco nos telhados de forma a reduzir custos e energia. O laboratório nacional do Departamento de Energia em Oak Ridge, Tennesse, instalou as coberturas frias, assim como o fez a Agência de Proteção ao meio ambiente, em Research Triangle Park, Carolina do Norte.

Além de economizar energia, as coberturas de PVC também apresentam grande resistência ao fogo, que se autoextingue assim que a fonte da chama é removida. Como uma prova de suas qualidades de resistência ao fogo, a cobertura de PVC foi instalada na sede da Associação Nacional de Proteção contra Incêndios em Quincy, Massachusetts.

A Vinyl Roofing Division da Chemical Fabrics and Film Association também observam que os sistemas de coberturas refletivas de camada única aumentam a expectativa de vida útil tanto do laminado como do equipamento de refrigeração dos prédios.

O Departamento de Energia lançou um vídeo com o Secretário Chu que mostra a instalação da cobertura e explica alguns dos benefícios decorrentes dessa importante tecnologia. O vídeo está disponível no Blog Energia no endereço (http://blog.energy.gov/blog/2010/12/14/cool-roofs-easy-upgrade).

Fonte: Instituto do PVC / VynilNewsService

Anúncios

Tags: , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: