Inclusão social com dicionários de PVC

Possibilitar a leitura para o maior número de pessoas, incluindo aquelas com necessidades especiais é o objetivo dos dicionários ilustrados em Libras e Braille feitos com laminados de PVC.

Por sua versatilidade, o PVC é encontrado nas mais diversas aplicações, desde tubos e conexões, até produtos da área médica. Desta vez, o PVC aparece em uma aplicação que visa garantir que o maior número de pessoas tenha acesso à leitura. Este é o objetivo dos criadores dos dicionários ilustrados em Libras e Braille. São três títulos já publicados com temas como corpo humano e animais. O conteúdo é disponibilizado em português, Libras e Braille e em breve também contará com Escrita Tátil e Sign Writing. O objetivo é proporcionar a acessibilidade e a inclusão social de pessoas portadoras ou não de necessidades especiais, de forma lúdica e interativa.

Voltados para a educação infantil até 14 anos e com extensão a qualquer pessoa que esteja em fase de aprendizado, os dicionários levam, ainda, mais um diferencial – são feitos com laminados de PVC. “O material proporciona aos dicionários design diferenciado, bonito e agradável”, afirma um dos idealizadores do projeto, Nelson Júnior. “Eu já fazia trabalhos com Libras e Braille como voluntário e queria também ter um negócio próprio. Para tanto, busquei um diferencial para o meu produto que fosse além de seu conteúdo”, afirmou o executivo.

E não foi apenas na aparência dos dicionários que o PVC apresentou benefícios. Segundo Nelson Júnior, o PVC agrega valor aos produtos por apresentar maior durabilidade e “por viabilizar seu uso de forma pedagógica e lúdica, como se fosse um brinquedo e ao mesmo tempo um livro de exercícios”, explicou.

Júnior disse que o PVC permite que os dicionários sejam manipulados mais facilmente por pessoas tetraplégicas, já que podem ser dobrados e amassados sem serem danificados; podem ser lavados com água ou limpos com álcool; podem ser usados como livros de exercícios usando canetas de quadro branco e posteriormente serem limpos possibilitando seu uso por mais de uma vez; podem ser usados durante o banho das crianças ou em momentos de lazer como na praia ou piscina o que proporciona excelente custo-benefício em função do reuso; não perdem suas propriedades principalmente no caso do Braille após uso prolongado, além de serem 100% recicláveis e sustentáveis.

Os dicionários ilustrados de PVC são hoje vendidos pela Internet por meio de uma loja virtual configurada pelo próprio autor (www.supereficiente.com.br, www.librasebraille.com.br)“. Já encaminhamos pequenas remessas a educadores de Cuba, Paraguai, Chile e Suíça e estamos em contato para exportação também para Paraguai e Angola”, contou Nelson Júnior.

Para Miguel Bahiense, presidente do Instituto do PVC, a versatilidade do material, aliada a seu custo-benefício e viés de sustentabilidade, faz do PVC um produto que cada vez mais ganha espaço em aplicações diferentes. “Para nós, que representamos a cadeia do PVC, é gratificante saber que podemos contribuir na formação de crianças e na inclusão social de portadores de necessidades especiais”, afirma o executivo.

O Instituto do PVC tem o compromisso de orientar as empresas associadas a adotarem posturas socialmente responsáveis, no intuito de promover o crescimento sustentável do setor, difundindo suas características técnico-científicas, ambientais e de reciclabilidade, sempre fundamentadas em ações éticas.

Para mais informações sobre o produto: www.librasebraille.com.br.

Fonte: Instituto do PVC

Anúncios

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: