Posts Tagged ‘Pernambuco’

Pro-color inaugura fábrica de Masterbatches em Pernambuco.

03/05/2012

A Pro-Color Masterbatches inaugurou no dia 25 de abril a sua primeira fábrica no Nordeste, no município de Joaboatão dos Guararapes, região metropolitana do Recife. Serão fabricados concentrados de cor (masterbatches) brancos e aditivos usados na fabricação de produtos plásticos.

A Pro-Color já atuava em Pernambuco, principalmente no polo fabril do agreste,  mas,  com a nova fábrica,  pretende aumentar sua participação em todos os Estados da região e incrementar seu faturamento em 40 % neste ano.

Contando com incentivos fiscais do PRODEPE, Pernambuco foi o Estado escolhido para a localização da nova planta da empresa em função da crescente demanda local por concentrados de cor a serem utilizados na fabricação de produtos plásticos. “Muitas empresas do Sul e Sudeste do País estão vindo para o Nordeste e Pernambuco tem atraído várias delas, como indústrias automotivas, alimentícias e de diversos outros segmentos, que estão em nosso foco de atuação”, explica Vanessa Falcão, Gerente Comercial. Esta é a mais nova fábrica da Pro-Color, que possui ainda unidades em Cotia, Bauru e Jaguariúna, todas em São Paulo.

Fonte: Verbo Assessoria de Comunicação / EmbalaWeb

Embala Nordeste 2010 cresce impulsionada pelo desenvolvimento da Região.

03/09/2010

O evento que integrou a cadeia industrial de embalagens, além do segmento gráfico e de refrigeração, gerou negócios da ordem R$ 1 bilhão e superou as expectativas.

Com o dobro do tamanho de sua primeira edição, a 5ª EMBALA Nordeste – Feira Internacional de Embalagens e Processos conseguiu superar as expectativas e movimentou R$ 1 bilhão em negócios, incluindo vendas fechadas e encaminhadas durante o evento. O resultado superou em R$ 100 mil as previsões dos organizadores e expositores. A força da indústria alimentícia na região e a expansão das vendas de máquinas de reciclagem impulsionaram as vendas. O evento ocupou todo o pavilhão do Centro de Exposições de Pernambuco – Recife/Olinda.

Foram 404 expositores vindos de vários Estados brasileiros e de outros países, que apresentaram as últimas novidades em equipamentos, insumos, serviços e produtos finalizados nas áreas de embalagem, plásticos, alimentos e bebidas, refrigeração industrial e comercial, e do segmento gráfico.

“Realmente o que nos surpreendeu este ano foi o crescimento da participação da indústria alimentícia na feira. As empresas estão expandindo suas fábricas e agregando, cada vez mais, valor aos seus produtos. Por conta disso, realizamos ótimas vendas de maquinários, rótulos e embalagens”, diz o diretor da Greenfield, André Mozetic.

Este ano, entre os eventos integrados à EMBALA Nordeste estavam as feiras ALIMENTÉCNICA Nordeste (maior evento da região no segmento de fornecedores na área de processos para setores de alimentos e bebidas), o REFRINOR (Salão Nordeste de Refrigeração Comercial e Industrial que traz máquinas, equipamentos e componentes para refrigeração de ambientes e para conservação de alimentos), e o GRAPHIUM Show (5º Salão de Fornecedores de Equipamentos, Produtos e Serviços para Indústria Gráfica).

“Com o sucesso desta edição, consolidamos a EMBALA Nordeste como o maior evento regional do setor em toda a América Latina. Entre os pontos a destacar foi o índice de renovação de estandes, já para o ano que vem, que superou todas as edições anteriores”, explicou Luiz Fernando Pereira, diretor da GREENFIELD.

Também outro destaque foi a grande procura pelos equipamentos ecologicamente corretos e pelas máquinas de reciclagem de resíduos sólidos. “A feira refletiu o crescimento da indústria na Região Nordeste e, ao mesmo tempo, assimilou características da atual economia de mercado global, onde as questões ambientais têm influenciado a fabricação de embalagens e, por conseqüência, as vendas de produtos. As empresas mostraram que estão dispostas a investir em linhas de produção modernas, em fornecedores eficientes e na qualidade do produto final”, disse Jayme Wiss, também diretor da GREENFIELD.

Durante quatro dias, 19.571 visitantes/compradores de diversas partes do Brasil e, inclusive, do exterior, tiveram a oportunidade de ter acesso ao que há de mais moderno em equipamentos para a cadeia da embalagem, indústria de alimentos e bebidas, refrigeração e indústria gráfica.

SOBRE A GREENFIELD – Uma das principais marcas de feiras regionais do Hemisfério Sul, a GREENFIELD Business Promotion possui em seu portfólio em torno de 15 eventos de alto desempenho em praças como São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Piauí e Pará.
Ao todo, essas feiras atraem mais de 1.200 expositores/ano e ocupam cerca de 80 mil metros quadrados de área de exposições em alguns dos mais modernos pavilhões brasileiros. Já o total de público, altamente qualificado, proveniente de diferentes regiões do Brasil e do mundo, supera os 170 mil visitantes/compradores por ano. Recentemente, a GREENFIELD firmou um acordo estratégico com a CLARION EVENTS, maior organizadora de feiras de capital fechado da Inglaterra.

Fonte: Greenfield / Lula Portela

Petroquímica Suape em fase de pré-operação

27/08/2010

A Petrobras antecipou para às 14h, nesta sexta-feira (27), em Pernambuco, a cerimônia de pré-operação da unidade de fios de poliéster da PetroquímicaSuape e a inauguração do Gasoduto Pilar-Ipojuca. A cerimônia contará com as presenças do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli de Azevedo, de diretores e gerentes da Companhia e demais autoridades. Na ocasião, o presidente Lula também visitará as obras da Refinaria Abreu e Lima, em Ipojuca (PE).

Maior pólo integrado de poliéster da América Latina

A Companhia Petroquímica de Pernambuco (PetroquímicaSuape) iniciará a pré-operação da unidade de polímeros e fios de poliéster que produzirá 240 mil toneladas por ano de filamentos e polímeros têxteis. O primeiro processo a entrar em funcionamento será o de texturização, onde serão produzidos fios para malharias e tecelagens. Outras duas plantas industriais compõem o complexo petroquímico: uma para a produção de ácido tereftálico (PTA) e outra de resina PET.

A PetroquímicaSuape foi constituída para estruturar uma cadeia nacional de poliéster, capaz de estimular o desenvolvimento dos diversos segmentos que utilizam essa matéria-prima, como o de embalagens e, especialmente, o têxtil, que é o segundo maior gerador de empregos no País e o que mais emprega mulheres.

Para assegurar competitividade em padrões internacionais, a Companhia foi estruturada considerando-se três fatores importantes: tecnologia de vanguarda, capacidades de produção equivalentes às maiores empresas mundiais nesses segmentos e integração das unidades produtivas e atividades de apoio.

A planta de PTA, que é a principal matéria-prima do poliéster, tem capacidade para 700 mil toneladas/ano e a de resina PET produzirá 450 mil toneladas/ano. Do total de PTA produzido, 85% serão consumidos internamente nas unidades de fios de poliéster e resina PET e o excedente será destinado ao mercado interno.

Hoje, mais de 7 mil pessoas estão trabalhando no empreendimento e, no pico das obras, previsto para novembro, serão gerados mais de 8 mil empregos.

Construção de escola têxtil

Para promover a capacitação de pessoal para o setor têxtil, será construída a Escola Técnica Senai–Ipojuca – Centro de Formação Profissional Horacio Lugon, construída em parceria formada pela PetroquímicaSuape, município de Ipojuca e Senai/PE, que assinam, nesta sexta-feira (27/8), convênio para construção da instituição de ensino.

A escola têxtil será a primeira do País especializada na formação de pessoal para o segmento de fibras sintéticas, como o poliéster, e capacitará pessoal para todos os elos da cadeia têxtil: indústrias de fios, malharias, tecelagens, confecções e moda. A escola será localizada em uma área de 10 km², na interseção das Rodovias PE-060 e PE-042, em Ipojuca.

Na parceria, a PetroquímicaSuape repassará os recursos para a construção do imóvel e aquisição de equipamentos; o município de Ipojuca cederá o terreno, executará o projeto arquitetônico e participará de atividades administrativas e operacionais, junto com o Senai, que assumirá a operação e gestão pedagógica da escola, que estará em funcionamento no primeiro semestre de 2012. A escola é financiada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A iniciativa faz parte das práticas de responsabilidade social da PetroquímicaSuape, que elegeu a educação e a geração de trabalho e renda como principais eixos de suas ações, e atende a uma demanda do município, que está contribuindo para a viabilização do empreendimento industrial, por meio de parcerias e incentivos fiscais. Além disso, a escola conta com a experiência de ensino do Senai/PE, referência na área de educação profissional.

Fonte: Agência Petrobrás de Notícias

Programa de Qualidade e Consumo Responsável de Sacolas Plásticas chega a Recife.

07/07/2010

Em 9 de junho, o Instituto Nacional do Plástico (INP) lançou em Recife (PE), o projeto-piloto do Programa de Qualidade e Consumo Responsável de Sacolas Plásticas. Para um auditório de aproximadamente 60 pessoas, o superintendente do INP, Paulo Dacolina, apresentou as bases e objetivos do programa.

Na ocasião, estiveram presentes nomes como Élvio Polito, secretário adjunto do Meio Ambiente do Estado de Pernambuco, Luciano Siqueira, ex-vice-prefeito de Recife e atual vereador, Ricardo Essinge, presidente da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEP), Edvaldo Guilherme dos Santos, presidente da Associação Pernambucana de Supermercados (APES) e Fernando de Araujo Pinheiro, presidente do Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado de Pernambuco (SIMPEPE).

O Projeto conta com a participação das redes de supermercados Pão de Açúcar, Arco-Íris, Sttyllo e Kennedy e com o apoio do SIMPEPE (Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado de Pernambuco) e APES (Associação Pernambucana de Supermercados).

Fonte:  Boletim – Instituto Nacional do Plástico


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.298 outros seguidores