Posts Tagged ‘Injeção’

Romi investe em linha de baixo consumo energético e lança modelo de aplicação em PVC na Feiplastic

23/05/2013

Na primeira edição da Feira Internacional do Plástico, empresa apresenta novas soluções tecnológicas para a cadeia produtiva dos clientes

Empresa líder no setor brasileiro de máquinas para plásticos, a Indústrias Romi S.A. participou da 1ª Feira Internacional do Plástico, Feiplastic 2013, entre os dias 20 e 24 de maio, no Parque Anhembi, em São Paulo. A companhia apresentou no evento quatro novos equipamentos, que refletem a preocupação com o baixo consumo energético. Atenta às necessidades do mercado, a Romi expandiu a linha EN, com as injetoras ROMI EN 380 PVC e ROMI EN 450. Investiu na série EL, com a injetora ROMI EL 75, e para o mercado de sopro apresentará a nova linha ROMI C 5TS com Sistema IML. Além desses lançamentos, outro destaque na feira foi a sopradora ROMI PET 230.

Como empresa brasileira líder no setor de máquinas-ferramenta, além de importante produtora de fundidos e usinados, a Romi investe 4% de seu faturamento líquido em pesquisa e desenvolvimento, o que possibilita a renovação anual de seu portfólio.

Para William dos Reis, diretor de Máquinas para Plástico, a perspectiva de novos negócios é ampliada com a exposição na feira. “Estamos ansiosos com a Feiplastic, pois entendemos que esses novos equipamentos vão facilitar o processo industrial de nossos clientes. Focamos na ideia de oferecer produtos com a mais alta tecnologia e confiabilidade, com destaque para a nova injetora ROMI EN 380 PVC, equipamento que desenvolvemos para o setor de construção civil e que durante a feira vai injetar conexões”.

As linhas de máquinas ROMI EN e EL atendem aos requisitos de economia de consumo energético e matéria-prima, por conta da maior precisão de movimentos. “Destacamos ainda o alto nível de precisão dos equipamentos, que contam com movimentos independentes, acionados por servomotores, que são ‘energizados’ somente durante o efetivo movimento”, diz Reis.

A sopradora ROMI C 5TS dispõe de projeto hidráulico de alta performance e novo conceito de cabeçotes, com múltiplas zonas de aquecimento e fluxo otimizado. Ela é destinada à fabricação de frascos com até 5 litros para as indústrias de embalagem em geral. Já a sopradora automática ROMI PET 230 pode produzir até 2.500 frascos por hora, com até 3 litros de capacidade volumétrica, e tem como diferencial alimentação e extração automáticas. A máquina atende à fabricação de garrafas PET para as indústrias de alimentos, bebidas e produtos de higiene e limpeza.

Com um dos maiores estandes, localizado na rua K/L, a Romi pôs à disposição de todos os clientes produtos de alta tecnologia, qualidade e confiabilidade, além de orientação técnica de sua equipe de vendas para a melhor aplicação em máquinas para plástico. Os clientes também contaram com a opção do Finame, financiamento disponível para empresas brasileiras, com taxa de juros de 0,25% ao mês. Todos os equipamentos Romi em exposição estiveram ligados para maior interatividade com os visitantes da Feiplastic.

Fonte: Romi

Curta nossa página no

Villares Metals apresenta aço de alta resistência para indústrias automotiva e de eletrodomésticos

09/05/2013

feiplastic

O VP ATLAS, que estará em exposição na FEIPLASTIC 2013, atende às necessidades dos setores Automotivo e de Eletrodomésticos, apresentando melhor desempenho na produção de moldes para injeção de plásticos para esses segmentos

A Villares Metals, a maior produtora de aços especiais não planos de alta-liga da América Latina, estará apresentando na FEIPLASTIC 2013 o  VP ATLAS, um aço de elevada resistência mecânica e que oferece desempenho superior na produção de moldes para injeção de plásticos para as indústrias automotivas e de eletrodomésticos.

“Com a apresentação do VP ATLAS, a Villares Metals pretende aumentar o seu portfólio de produtos para ferramentais aplicados nos segmentos Automotivo e de Eletrodomésticos. É a certeza de que estamos atentos ao crescimento do mercado e às novas tendências da indústria automotiva, sobretudo após a oficialização do novo regime automotivo brasileiro. Dessa forma, a Villares se antecipou a essas necessidades e passa a oferecer um aço com maior resistência para moldes de injeção de plástico, com conceito patenteado e altamente inovador”, afirma, Rafael Agnelli Mesquita, Diretor de Novos Negócios & Marketing da empresa.

O produto é indicado para as mais severas aplicações automotivas e de eletrodomésticos por apresentar alta resistência mecânica, por exemplo, característica essencial exigida nesses segmentos. “Este novo aço possui composição química balanceada, com patente requerida, passando por tratamento de microinclusões, o que lhe garante melhor equilíbrio e desempenho, que são vistos como vantagens competitivas em mercados tão acirrados, como o Automotivo, entre outros”, destaca José Bacalhau, Engenheiro Pesquisador, responsável pelo desenvolvimento do produto.

Sobre a Villares Metals: Com mais de 60 anos de mercado, a Villares Metals é a maior produtora de aços especiais não planos de alta-liga da América Latina. Empresa siderúrgica semi-integrada, a Villares Metals possui uma linha de produtos ampla, que inclui: aços rápidos, aços ferramenta (aços para trabalho a quente, aços para trabalho a frio, aços para moldes plásticos), aços inoxidáveis, aços válvula, ligas especiais e peças forjadas. Possui  centro de distribuição de aços-ferramenta da América Latina, com uma área de 5.500m2 em Sumaré (SP) e outro de 1.300m2 em Joinville (SC) com capacidade de entrega em todo Brasil. Para atender as necessidades específicas de seus clientes, a empresa possui um moderno Centro de Pesquisa e Desenvolvimento. A Villares Metals emprega cerca de 1.500 pessoas e seu faturamento no último ano fiscal (início em abril de 2011 e término em março de 2012), foi próximo a R$ 850 milhões.

Fonte: Alfapress

Curta nossa página no

Bosch Rexroth prioriza eficiência energética na Feiplastic 2013

07/05/2013

feiplastic

Entre os dias 20 e 24 de maio de 2013, a Bosch Rexroth participa da 14ª edição da Feira Feiplastic – Feira Internacional do Plástico – que será realizada no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na cidade de São Paulo/SP.

Durante a feira Feiplastic 2013, a Bosch Rexroth apresentará como principal destaque uma máquina Injetora para Termoplásticos, que estará em operação simulando o processo de produção com forças de fechamento de 25 toneladas, capacidade de injeção de 49cm³ e solução de segurança de acordo com a NR12.  A máquina é completamente equipada com produtos e acessórios Rexroth como o CLP IndraMotion for Plastics, bomba fixa servoacionada Sytronix, válvulas proporcionais, válvulas monitoradas e CLP de segurança SafeLogic compact.

Confira a seguir outros destaques da Bosch Rexroth na Feiplastic 2013.

Redução no Consumo de Energia com Sytronix

A Rexroth combina o potencial de todas as tecnologias de acionamento e comando em prol da eficiência energética. O sistema de acionamento de bombas hidráulicas – Sytronix – desenvolvido para o mercado industrial é um exemplo disso. Segundo a empresa, com ele é possível reduzir o consumo de energia em até 80%, através do controle da demanda de energia necessária para a execução do trabalho. Sendo assim o processo de integração nos requisitos de automação torna-se mais simples e o tempo de comissionamento menor. A Rexroth afirma que, em muitos casos, é possível dispensar a refrigeração da unidade hidráulica, pois devido à otimização do processo o fluido hidráulico não se aquece excessivamente, consequentemente, é possível utilizar um design mais compacto, que reduz a complexidade e os custos de aquisição. Ao mesmo tempo, o baixo consumo de energia reduz as emissões de CO2 prejudiciais ao meio ambiente.

Soluções de Segurança para Máquinas

Atenta às principais mudanças e preocupada com as condições de segurança no ambiente industrial, a Bosch Rexroth oferece uma linha de produtos e soluções para atender às exigências e expectativas de seus clientes. Segundo a empresa, o compacto controlador lógico de segurança SafeLogic da Bosch Rexroth é a solução ideal para um processamento lógico seguro em máquinas de pequeno e médio porte. O comando pode ser expandido à medida que a quantidade de periféricos aumenta. Blocos funcionais previamente definidos e uma programação gráfica simplificam a configuração e aceleram o processo de comissionamento.

Com o objetivo de proporcionar um alto nível de segurança ao mercado de máquinas com classificação elevada de risco, a Bosch Rexroth desenvolveu válvulas monitoradas para sistemas hidráulicos de segurança. As válvulas – direcionais e proporcionais – são acionadas por bobinas elétricas e o deslocamento do embolo interno tem a sua posição indicada pelo sistema de monitoramento. O cliente pode aplicar este tipo de sistema onde é requerido monitoração do nível de segurança.

Os blocos de segurança foram desenvolvidos em conformidade com as normas de segurança nacionais e internacionais, tendo como principais características a redundância nos comandos, o que proporciona elevada flexibilidade de seleção e uso, afirma a empresa.

Start-Up Fácil e Rápido com a Nova Linha de Inversores de Frequência

A Bosch Rexroth afirma que seus inversores de frequência eletrônicos séries FE, FV e EFC 3600 oferecem soluções econômicas e eficientes para o controle de energia da aplicação. O controle de velocidade variável para unidades de eletrônicos é um fator importante para o aumento da eficiência energética na construção de máquinas. Com eles, a Bosch Rexroth oferece benefícios econômicos para a automação em geral, como o controle de bombas, compressores, extrusoras, e demais máquinas, que eram operadas de maneira contínua e agora podem ter seu processo de trabalho flexibilizado.

O Grupo Bosch possui mais de 306.000 colaboradores em todo o mundo, tendo apresentado um faturamento de 52,3 bilhões de euros nos setores de tecnologia automotiva, energia e tecnologia de construção, tecnologia industrial e bens de consumo em 2012. O Grupo Bosch é composto pela Robert Bosch GmbH e suas cerca de 350 subsidiárias e empresas regionais presentes em aproximadamente 60 países. Incluindo os representantes de vendas e serviços, a Bosch está presente em cerca de 150 países. A Bosch investiu cerca de 4,5 bilhões de euros em pesquisa e desenvolvimento em 2012, e solicitou o registro de aproximadamente 4.700 patentes em todo o mundo.

No Brasil, o grupo Bosch está presente desde 1954 e atualmente emprega cerca de 11.700 colaboradores. Em 2011, o grupo registrou no país um faturamento líquido de R$ 4,8 bilhões com a oferta de produtos e serviços automotivos para montadoras e para o mercado de reposição, ferramentas elétricas, sistemas de segurança, termotecnologia, máquinas de embalagem e máquinas industriais.

A Bosch Rexroth Ltda. possui uma sede em Atibaia/SP, uma unidade fabril em Pomerode/SC, nove regionais de vendas próximas aos mais importantes mercados brasileiros e Distribuidores Autorizados situados nas principais cidades do país.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Feiplastic

 

Curta nossa página no

Sepro apresentará novos robôs na Feiplastic 2013

30/04/2013
SEPRO_ROBOS_1

Os robôs da 5X Line reúneM um robô cartesiano Sepro 3-eixos e uma rotação 2-eixos Stäubli é adicionada para proporcionar um total de 5 eixos de movimentos CNC

A Sepro Robotique, atravês de sua filial brasileira, Sepro do Brasil, estará presente na Feiplastic, no estande J88, apresentando robôs 5-eixos e 6-eixos controlados por comando inteligente e  robôs para depósito simples (simple pick-and-place).

Os destaques ficam por conta de:

Robôs 5-eixos & 6-eixos

Duas novas linhas de robôs multi-eixos – o 5X e 6X Visual – foram desenvolvidos pela Sepro Robotique em colaboração com Stäubli Robotics especificamente para aplicações de moldagem por injeção.

Representando a 5X Line, o modelo 5X-25, robô de médio porte para máquinas injetoras de 120 a 450 T. Projetada para aplicações universais e complexas, a 5X Line de 5-eixos é baseada no robô Cartesiano Sepro 3-eixos para alta-precisão e alta-velocidade. Uma  rotação 2-eixos Stäubli é adicionada para fornecer um cabeçote compacto com servo-rotações (R1 = 0 – 180° e R2 = 0 – 270°) tornando-o fácil de se adaptar para aplicações difíceis como colocação de inserto, trajetórias complexas de extração no molde, acompanhamento de trajetórias para tratamento de chama ou rebarba, e semelhantes. Dois modelos adicionais estão disponíveis – o menor 5X-15 e o maior 5X-35, permitem que a gama atenda máquinas injetoras desde as menores de 30 Toneladas até as maiores de 800 Toneladas.

SEPRO_ROBOS_2


Os robôs da 6X Visual combinam um robô poliarticulado Stäubli 6-eixos com o controle Sepro Visual 3 para entregar uma solução multi-eixos especialmente projetada para moldagem por injeção.

Um robô 6X-90L estará no stand da Sepro como um exemplo da linha de robôs 6X Visual. Ele combina um robô poliarticulado de 6-eixos Stäubli com o controle Sepro Visual 3 para entregar uma solução de automação de uso geral com cinco tamanhos para atender máquinas injetoras desde 20 a 4000 Toneladas. O 6X-90 L, uma versão com braço extendido de alcance máximo de 1200 mm e uma carga útil máxima de 15 kg foi desenvolvido para injetoras de 80 a 200 Toneladas.

Novos robôs Success

Outro destaque é a nova gama Success de robôs generalistas servo-controlados Sepro, que apresenta cursos e carga útil maiores, especificamente projetados para trazer velocidades e precisão para os transformadores que possuem aplicações de depósito simples (simple pick-and-place) e automações periféricas simples. O focus da Sepro no design e fabricação permitiu a concepção de um robô acessível com recursos aprimorados com toda a qualidade e confiabilidade para quais Sepro é reconhecida. Três dos quatro modelos standards estarão expostos  no stand das Indústrias Romi S.A.

Success 11 é destinado a atender máquinas com até 180 T de fechamento e estará operando numa Romi 75 T. Ele tem um curso horizontal de 1500 a 3500 mm. O curso vertical é de 1000 mm ou 1200 mm com braço telescópico e o curso de extração é de 500 mm. Carga útil máxima de 5 kg.
Success 22 será apresentado numa Romi 380 T e pode automatizar máquinas entre 150 e 400 T de fechamento. Seu curso horizontal pode variar entre 1500 e 6000 mm. O curso vertical é de 1400 mm ou 1600 mm com braço telescópico e o curso de extração é de 700 mm. Carga útil máxima de 10 kg.
Success 33 é grande o suficiente para atender às necessidades de aplicações em máquinas injetoras entre 300 e 700 T e será apresentado numa Romi 450 T. O curso horizontal pode variar de 2000 a 6000 mm. O curso vertical é de 1600 mm ou 1800 mm com braço telescópico e o curso de extração é de 900 mm. Carga útil máxima de 15 kg.

Todos os modelos oferecem velocidades máximas instantâneas de 3 m/sec no eixo vertical e 2 m/sec no eixo horizontal. O controle Touch 2 é de série, enquanto o mais avançado controle Visual 2 é disponível como opcional.

Uma plataforma de controle universal

“Your Free Choice in Robots” estende-se ao controle dos robôs. Desde os mais avançados robôs de 5- e 6-eixos aos robôs de 3-eixos e sprue-pickers, os robôs Sepro são controlados por uma familia unificada de controles desenvolvidos por Sepro. O controle de robô Visual 3, o mais novo, rápido e poderoso controle da Sepro, é equipamento de série nos robôs 5X Line e 6X Visual, e é opcional nos robôs 3-eixos S5 Line de alto desempenho. Sua arquitetura com dupla-CPU dedica um processador para as funções de interface homem/máquina do monitor e outro processador para o controle em tempo-real do posicionamento e movimentos do robô, e do controle dos equipamentos periféricos. Como os controles Visual 2, que é standard nos robôs S5, e Touch 2 na gama generalista Success, Visual 3 possui uma interface utilizador com tela larga LCD Touch-screen de 10” fácil de ler e navegar tornando a operaçõe simples e intuitiva. Um joystick permite que os operadores realizem ajustes finos. Não importa o modelo de robô escolhido, a plataforma de controle será muito familiar para o utilizador.

Fundada em 1973 e com sede em La Roche-sur-Yon (França), a Sepro Robotique foi uma das primeiras empresas no mundo a desenvolver robôs cartesianos para máquinas injetoras, apresentando seu primeiro “manipulador” com controle CNC em 1981. Hoje, Sepro é um dos maiores vendedores independentes de robôs cartesianos. Clientes em todo o mundo são atendidos por suas filiais diretas na Alemanha, Espanha, Reino Unido, Estados Unidos, México e Brasil. Vendas diretas, escritórios de serviço, bem como representantes, distribuidores e hubs de serviço estendem a rede global da Sepro a mais de 40 outros paises. O faturamento global da empresa é de aproximadamente € 55 milhões, com 90% dos robôs exportados da França e 40% vendidos fora da Europa. Sepro é o maior fornecedor de robôs da indústria automotiva na Europa e América do Norte, e automatizou mais de 25.000 máquinas injetoras no mundo.

A Sepro atua há 12 anos no Brasil e foi um dos primeiros fornecedores de robôs cartesianos para máquinas injetoras em automatizar os sistemistas da indústria automotiva. Suas instalações brasileiras são localizadas em Jundiaí, SP – fornecendo suporte para o setor automotivo, de embalagem, eletrodoméstico e cosmético. No Brasil, a empresa conta com cerca de 65 clientes ativos, e automatizou mais de 500 máquinas injetoras.

Fonte – Interativa Comunicação & SEPRO

Curta nossa página no

Poliamida da BASF é usada pela primeira vez em suporte de motor automotivo

26/03/2013

Primeiro suporte plástico de motor do mundo no novo Mercedes GL Class

BASF_Suporte-do-MotorA Daimler está instalando o primeiro suporte plástico do mundo no motor a diesel de seis cilindros utilizado no novo GL Class. Em comparação com o suporte de alumínio anterior, a peça de plástico oferece melhores propriedades acústicas, características superiores de isolamento térmico e uma vantagem positiva de peso, ao mesmo tempo em que é capaz de resistir à mesma carga. A peça, que dá suporte ao motor com a ajuda de sua base, é moldada a partir da Ultramid® A3WG10 CR, uma especialidade de poliamida altamente reforçada da BASF, que foi otimizada para elevadas cargas mecânicas. A Joma-Polytec assumiu a responsabilidade pela concepção do molde de injeção e produção do suporte plástico do motor.

Funções e requisitos do suporte do motor: carga estática, carga contínua e queda

Os suportes de torque que já são utilizados por vários fabricantes de automóveis em versões de Ultramid transmitem apenas o momento de inclinação do motor. Entretanto, os suportes de motor estão sujeitos a uma carga permanente – peso do motor – enquanto absorvem também todo torque do motor. Até agora, eles sempre foram feitos de alumínio.

Acústica, transmissão de calor e peso

Para substituir o alumínio nesta aplicação desafiadora e de alta relevância, o plástico deve cumprir exigentes requisitos mecânicos: enquanto Ultramid® A3WG10 CR é muito rígida; era também necessário demonstrar que o material exibe tendência suficientemente baixa para se mover no espaço confinado do compartimento do motor quando sujeita a uma carga contínua. Além disso, dependendo das condições de instalação no compartimento do motor, o suporte plástico do motor deve também resistir a momentos de flexão elevada. As características acústicas boas são o principal benefício do suporte do motor de Ultramid sobre o seu homólogo de alumínio. Graças ao específico comportamento de amortecimento do plástico, o novo suporte de motor contribui para um melhor equilíbrio acústico.

Uma vantagem adicional é de que a condução de calor do plástico é consideravelmente menor do que a do alumínio. Como consequência, o suporte do motor de Ultramid proporciona uma melhor proteção contra o calor do motor transmitido para os suportes de borracha ligados a ele, aumentando a sua vida útil. No contexto da discussão sobre CO2, uma redução de peso de mais de 30% para a peça de plástico em relação à versão de alumínio é um ganho complementar.

Simulação para otimização do comportamento de colisão e acústico

O conjunto de testes que a parte plástica deve passar com sucesso inclui a chamada colisão de reparação, que replica falhas menores, e colisão de neutralização intensa (colisão frontal de neutralização). No primeiro caso, o suporte tem de permanecer intacto; no segundo caso, ele pode falhar rapidamente e de uma forma específica para evitar que o motor entre no compartimento de passageiros.

Além de verificar esses requisitos em testes de colisão, a BASF já incorporou ambos os casos para a fase muito precoce de desenvolvimento do suporte do motor de modelo complexo através do uso de sua ferramenta de simulação  e previu o comportamento da peça: cargas máximas (ruptura), fortes valores sob cargas pulsantes dinâmicas e cargas de colisão combinam muito bem com os resultados dos testes realizados e atingem os valores necessários para o predecessor de alumínio. Foi, então, possível incorporar reforços para suportar as cargas elevadas e satisfazer requisitos acústicos no início e reduzir o número de protótipos.

Fonte: BASF

Curta nossa página no

Romi realiza Open House em sua subsidiária do Reino Unido

19/03/2013

Objetivo é estreitar relacionamento com clientes das marcas Romi e Sandretto

A Romi abriu as portas de suas instalaçôes de Rugby, no Reino Unido, e mostrou sua experiência no desenvolvimento e fabricação de máquinas injetoras e máquinas-ferramenta de alta qualidade e desempenho. O Open House visou fortalecer a posição de mercado das marcas Romi e Sandretto e reforçar a relação com os clientes daquele mercado.

A experiência e cooperação entre Romi, Sandretto e fornecedores qualificados resulta na capacidade da empresa em oferecer a seus clientes pacotes turn-key, o que tem se demonstrado um requisito importante para os clientes. Juntas, Romi e Sandretto tem mais de 180 mil máquinas vendidas em todo o mundo. “É a força e confiança nas marcas que os clientes tem procurado quando da escolha de um fornecedor de máquinas”, diz a gerente de vendas Internacionais da Romi, Mônica Romi Zanatta.

Presente no mercado externo desde 1944, a Romi possui subsidiárias localizadas nos EUA, Itália, Alemanha, Inglaterra, Espanha, França e México. Com a aquisição dos ativos da Sandretto, em 2008, a Romi reforçou sua presença em todo o mundo.

Neste Open House, as seguintes máquinas foram demonstradas:

Injetoras para plásticos:
– Sandretto PRIMAX H 220
– Sandretto EN 150 e 200
– Sandretto EL 150
Estas máquinas são comercializadas no Brasil com a marca Romi.

Máquinas-ferramenta:
– ROMI C 420
– ROMI GL 240M
– ROMI D 800
A linha ROMI C é comercializada no Brasil com a marca Centur.

Fonte:  Romi

Curta nossa página no

Novo agente de purga da Chem-Trend reduz tempos e custos no processamento de Termoplásticos Elastômeros

19/03/2013

Lusin® Clean 1020 é utilizado na limpeza de extrusoras e máquinas de moldagem por injeção

A Chem-Trend, especializada no desenvolvimento, produção e comercialização de agentes desmoldantes e especialidades químicas, lança no Brasil o Lusin® Clean 1020, um agente de purga para limpeza de extrusoras e máquinas de moldagem por injeção, usadas no processamento de elastômeros termoplásticos (TPE). Entre os diferenciais do produto, a empresa afirma que este novo agente de purga auxilia na solução de problemas relacionados ao processo de troca de cor e de material e ajuda a eliminar os “pontos pretos”, um fenômeno associado à carbonização que pode surgir durante a degradação térmica do termoplástico, além de atender as mais rígidas exigências de higiene e segurança do registro NSF H2.

Granulado e pronto para uso, o produto é usado com sucesso por fabricantes líderes globais da indústria de termoplásticos. Segundo a empresa, em comparação com a limpeza convencional de máquinas extrusoras e de moldagem, o uso de Lusin® Clean 1020 gera uma redução de custo que varia de 50 a 70%, reduzindo o consumo de material, tempo de parada das máquinas e taxas de refugos; a Chem-Trend esclarece que a economia varia de acordo com as condições e com o processo de fabricação. O Lusin® Clean 1020 pode ser utilizado em câmara quente, tendo sido bem-sucedido na produção de escovas de dentes ou solas de calçados, por exemplo.

“Com o desenvolvimento do Lusin® Clean 1020, a Chem-Trend, mais uma vez, oferece uma solução inovadora e adequada a uma aplicação muito especializada”, observa o especialista em termoplásticos da Chem-Trend, Marcelo Donegá. “A Chem-Trend tem sido um parceiro com o qual os fabricantes de termoplásticos podem contar. Junto com nossos clientes, atentemos às rigorosas exigências de qualidade e a os requisitos de eficiência ambiental dos processos da indústria”, completa.

Com o lançamento do Lusin® Clean 1020, a Chem-Trend expande seu portólio de agentes de purga. Mas, além de soluções para limpeza de moldes, a empresa oferece diversas especialidades químicas, como agentes desmoldantes, agentes anticorrosão, limpadores de moldes, limpadores de superfície e desengraxantes de superfície.

Sobre a Chem-Trend: A Chem-Trend é uma organização global com foco no desenvolvimento, produção e comercialização de agentes desmoldantes para uso nas indústrias de borracha, pneus, poliuretano, compósitos, termoplásticos e fundição sob alta pressão. Ao longo de seus mais de 50 anos, a empresa construiu uma história rica em desenvolvimento de produtos destinados a fornecer aos fabricantes de peças moldadas e fundidas a maior qualidade possível, com o máximo de produtividade.

No Brasil desde 1986, a Chem-Trend mantém em sua planta, em Valinhos (SP), a produção, venda, administração, atendimento e todo o suporte técnico aos seus clientes. Líder em seu segmento de atuação, a Chem-Trend do Brasil fornece agentes desmoldantes, lubrificantes e limpadores a todo mercado nacional, América do Sul e África do Sul. A Chem-Trend é vinculada ao Grupo Freudenberg, de origem alemã, que emprega mais de 37 mil pessoas em 58 países, com um faturamento anual acima de € 6 bilhões.

Fonte: ADS Comunicação

Curta nossa página no

Arburg demonstra produção eficiente na Feiplastic 2013

07/03/2013
  • Elétrica: série EDrive para injeção técnica
  • Específica: Allrounder H híbrida com aplicação de IML (in-mould labelling) para a indústria de embalagens
  • Eficiência: soluções de automação específicas

ARBURG_33430_520ENa Feiplastic, que acontecerá em São Paulo, de 20 a 24 Maio de 2013, a Arburg vai apresentar duas máquinas – uma Allrounder Hidrive H híbrida e um Allrounder EDrive elétrica que satisfaz as necessidades do mercado brasileiro e sul-americano . Por outro lado, as duas máquinas que serão exibidas no Stand H28 são um modelo de eficiência de produção, o tema sobre o qual Arburg está focalizando no mundo todo. A máquina elétrica EDrive apresente uma atrativa relação preço / desempenho e pode ser vista como uma solução de automação. As aplicações demonstradas durante a feira também correspondem aos requisitos da região: a máquina híbrida Allrounder 570 H irá produzir tampas IML de alta qualidade para a indústria de embalagem.

Os transformadores sul-americanos estão interessados tanto no aumento da automação da sequência de injeção como em máquinas elétricas com uma relação preço / desempenho coerente. Não somente as grandes empresas internacionais que operam na América do Sul, mas também os fabricantes nacionais estão cada vez mais se voltando para esse tipo de tecnologia de máquina elétrica. O setor de embalagens também está vivendo um boom na região. A Arburg montou seu stand na Feiplastic em resposta a essas demandas.

Iniciação na tecnologia de máquinas elétricas e de produção automatizada

A série elétrica EDrive é caracterizada por precisão, reprodutibilidade, eficiência energética e minimização de emissões. Devido à sua excelente relação preço / desempenho, a Allrounder Edrive é uma alternativa interessante para a tecnologia de máquina hidráulica e permite uma iniciação econômica no mundo das máquinas elétricas da Arburg.

Durante a feira, uma Allrounder 520E com uma força de fechamento de 1.500 kN e uma unidade de injeção de 400 irá injetar estojos de CD empilháveis, com um molde de cavidade única. As peças serão removidas e arrumadas por um sistema robótico Multilift Select, o qual tem uma configuração fixa adaptada ao tamanho da máquina, tornando-se uma aquisição bastante rentável. Esta célula de produção, na qual todo o equipamento periférico está integrado ao sistema de controle da máquina SELÓGICA, é um excelente exemplo de iniciação -com uma boa relação custo-benefício – no universo da produção automatizada de peças injetadas usando-se a tecnologia de máquinas elétricas.

Esta máquina apresenta também o módulo Assistente de Preparação da máquina (“Setup Assistant”) SELOGICA, que permite uma regulagem das máquinas Allrounder através de um menu-guia, de forma simples, rápida e confiável. Não é necessário um conhecimento detalhado do sistema de controle. O Assistente de Preparação ajuda-o a reduzir tempos de parada e aumentar a eficiência de produção.

Allrounder 570 H produz tampas IML

A segunda máquina pertence à série Hidrive híbrida, a que é notável pela sua alta produtividade, tempos de ciclo curtos e uma elevada eficiência energética, sendo, portanto, predestinada para aplicações de embalagem.

A velocidade e a precisão associadas à tecnologia elétrica são combinadas com a potência hidráulica e dinâmica para desempenhos de produção elevada. Todas as máquinas Allrounder H exibem o rótulo de eficiência energética “e ²” da Arburg como uma indicação de que operam com otimização energética.

A Allrounder híbrida 570 H a ser exibida na Feiplastic tem uma força de fechamento de 2000 kN e uma unidade de injecão de 800. Ela irá produzir tampas de baldes usando o processo “in-mould labelling” (rótulagem no molde), em um tempo de ciclo de cinco segundos. O peso da peça moldada é de 6,1 gramas por tampa, e a quantidade de material processada é de 26 kg por hora. O uso de material transparente e de um filme da Verstraete impresso em ambos os lados proporciona às tampas uma superfície decorativa, tanto por dentro como por fora.

O molde de 6 cavidades é fornecido pela RK Ferramentaria e o sistema robótico para alimentar os rótulos e remover as peçasos são da OK! Automação – ambos fornecedores qualificados do Brasil.

A Arburg pode rapidamente fornecer aos seus clientes os serviços e assistência para obtenção de seu sistema ideal.

Fonte: Arburg

Curta nossa página no

Polimold apresenta novo Controlador de Temperatura e Sistemas de Câmara Quente durante a Feiplastic 2013

07/03/2013

A Polimold, fabricante de Porta-Moldes e Sistemas de Câmara Quente, irá expor sua ampla gama de produtos durante a FEIPLASTIC 2013

feiplastic

Um dos destaques será o mais recente lançamento da empresa, o novo Controlador de Temperatura POLIMOLD MINI SMART, produto que é uma evolução do já conhecido controlador POLIMOLD, com novos recursos e vantagens. A empresa destaca os seguintes diferenciais: o primeiro módulo pode enviar informação aos demais módulos (Temperatura, Booster, Standby e comando OFF);  toda a configuração de setup é realizada no próprio painel e o gabinete tem um tamanho até 60% menor que o anterior.

A Polimold também levará outros produtos no segmento de Sistemas de Câmara Quente Valvulados e Convencionais, entre eles:
– Sistema de 96 vias, utilizada em moldes de múltiplas cavidades.
– Sistema Stack-mold, utilizados para dobrar a capacidade de uma ferramenta.
– Sistema Valvulado Facility, muito utilizado na indústria automobilística, por sua versatilidade de aplicação.

Os sistemas são fabricados no Brasil e exportados para vários países do mundo.

A empresa também exibirá a ampla gama de montagens do Porta Molde Padronizado POLIMOLD, que reúne quase 1 milhão de combinações, facilitando o projeto e a concepção de ferramentas.

Fonte: Polimold

Curta nossa página no

Área de Embalagens Rígidas e Especialidades Industriais da Dow tem novo Gerente de Marketing para a América Latina

27/02/2013

Dow_CastellanosO mexicano Alejandro Castellanos é o novo Gerente de Marketing para Embalagens Rígidas e Especialidades Industriais para a América Latina da Dow. Com o desafio de destacar junto ao mercado o amplo portfólio de soluções para tubulações, rotomoldagem, embalagens de sopro e de injeção e tampas de bebidas, desde janeiro de 2013 Castellanos é o responsável pelo posicionamento de linhas de produtos de polietileno de alta densidade e lineares, com marcas como  Fingerprint e Continuum. “Nossa principal meta é oferecer a solução adequada para nossos clientes, favorecendo a cadeia de valor”, comenta.

Graduado em Economia, Alejandro Castellanos está na Dow desde 2005 e já atuou em diversas funções na empresa. Entre elas, foi nomeado gerente de contas para Polietileno e Polipropileno em 2008 e, dois anos depois, juntou-se ao grupo de Elastômeros como Gerente de Produtos. Para atuar na área de Rígidos, Alejandro Castellanos ficará baseado no México.

Fonte: Dow

Curta nossa página no

Romi prepara lançamentos com baixo consumo de energia para Feiplastic 2013

22/02/2013

feiplastic

A nova injetora Romi EL 75 está entre as novidades que a multinacional brasileira incluirá no portfólio de produtos para atender os principais setores da indústria plástica

Novidades em máquinas sustentáveis com alta eficiência energética estão sendo preparadas pelas empresas expositoras da Feiplastic 2013, principal feira de negócios da indústria plástica da América Latina, que se realiza em maio de 2013.  Um dos exemplos é a Romi, maior fabricante de máquinas injetoras e sopradoras para termoplástico do Brasil. Entre os lançamentos está a injetora Romi EL 75, que atende à norma ISO 14000 para gestão ambiental.

William dos Reis, diretor da Unidade de Plásticos da empresa, explica que a Romi trabalha constantemente no desenvolvimento de máquinas com alto padrão de qualidade e baixo consumo de energia. “Além disso, temos a certificação nas normas ISO 14000 pelo ABS desde 2005”, completa Reis. A presença na Feiplastic é apontada pelo diretor como uma ferramenta de geração de negócios. “Queremos sempre estar próximos aos nossos clientes, divulgando nossa marca, produtos e serviços”.

A Feira Internacional do Plástico vem sendo divulgada nos 35 escritórios que a Reed Exhibitions mantém em todo o mundo. O investimento da organizadora em divulgação deve chegar a R$ 5 milhões, divididos em 36 veículos nacionais, sete internacionais, além de ações em redes sociais da internet, entre outros meios de comunicação. Outras grandes marcas da indústria plástica nacional e internacional já confirmaram presença na Feiplastic. A lista inclui nomes como Basf, Bayer, Braskem, Deb’Maq, Wortex, entre outros. A feira ocupará 85 mil m² do Pavilhão de Exposições do Anhembi, deve reunir 1.400 marcas expositoras e público estimado de 70 mil visitantes, entre fabricantes, técnicos, engenheiros, profissionais do setor e transformadores de produtos plásticos.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Feiplastic

Curta nossa página no

Milacron compra a fabricante de câmara quente Mold Masters

14/02/2013
  • Aquisição une empresas líderes da indústria de plástico Milacron e Mold Masters
  • Cria uma empresa líder global em serviços em processamento de plásticos

mold-masters-logoA Milacron LLC, líder global no segmento da indústria de plásticos e provedor de fluidos premium para a indústria metalúrgica, e a Mold Masters, uma fabricante líder global de câmara quente com uma forte presença na Norte América, Europa e Ásia, anunciaram que estão se unindo para formar um fornecedor global líder em soluções para a indústria de plásticos, posicionando-se para atender toda a gama de necessidades dos clientes. A Milacron é apoiado nesta aquisição por seus investidores de private equity CCMP Capital Advisors.

A transação vai criar uma empresa de rápido crescimento, com recursos de classe mundial, através de cinco negócios: Milacron (máquinas para plásticos), Mold-Masters (câmara quente), DME (Tecnologias de bases de moldes), Aftermarket (peças e serviços) e CIMCOOL ® Fluid Technology (Fluidos para a Indústria Metalúrgica e Serviços). Cada empresa vai continuar a se focalizar em suas soluções específicas oferecidas a seus respectivos clientes, ao mesmo tempo em que aproveitará as sinergias enormes que existem entre todas os negócios.

A entidade combinada fornecerá tecnologias-líderes de mercado aos seus clientes, engenharia global de qualidade e liderança em Pesquisa e Desenvolvimento. Através de suas linhas de produtos complementares, a Milacron e a Mold Masters poderão oferecer um portfólio mais amplo de produtos e serviços, oferecendo soluções para as complexas necessidades dos clientes no segmento de plásticos.

Além disso, contando com uma capacidade financeira e operacional reforçada, ciclos reduzidos e uma pegada internacional diversificada, além de uma forte posição no mercado de câmaras quentes na Ásia, a empresa combinada terá maiores oportunidades de expansão global.

Sob os termos da transação, a Milacron irá adquirir 100% das ações da Mold Masters por um valor de US $ 975 milhões. Tom Goeke, CEO da Milacron, vai liderar a entidade combinada . Bill Barker, Presidente e CEO do Mold Masters, continuará à frente da empresa..

Goeke disse: “A aquisição cria um líder global na indústria de plásticos com a escala, liderança tecnológica, presença internacional e posicionamento competitivo para oferecer uma ampla gama de produtos e serviços a um número maior de clientes, em mais mercados ao redor do mundo. A experiência da Mold Masters em mercados de câmara quente de crescimento rápido é significativa e nós estamos entusiasmados com as várias oportunidades de crescimento e possibilidade de oferecer serviços únicos aos clientes que resultarão desta combinação. Bill Barker, sua equipe e todos os seus funcionários compartilham nosso compromisso com a excelência. Estamos muito contentes pelo fato de que eles vão continuar a liderar o negócio Mold Masters e estamos animados para dar-lhes as boas vindas à nossa equipe. “

Barker disse: “Nós também estamos muito animados para nos juntarmos à  Milacron e nos tornarmos parte de uma empresa-líder de mercado, conhecida por fornecer equipamentos e produtos de alta qualidade para processamento de plásticos, bem como excepcional atendimento ao cliente e suporte pós-venda. Nós desenvolvemos relações profundas com os nossos clientes ao longo de muitos anos e continuaremos a trabalhar de perto com eles para entregar os produtos e serviços de que dependem, assim como fazemos hoje. Estou confiante em que a combinação das capacidades únicas da Mold Masters e da Milacron irá colocar a nova empresa em posição de fornecer ainda mais benefícios para os clientes. Estou ansioso para trabalhar de perto com Tom e sua equipe para atingir o incrível potencial de crescimento que possuirá a nossa organização combinada. Tivemos o privilégio de ter a 3i como um parceiro nos últimos cinco anos e contar com seu forte apoio a nossos objetivos de crescimento global e investimentos contínuos em tecnologia. Estamos igualmente animados em estar com a Milacron, onde teremos um outro investidor de classe mundial como a CCMP apoiando nosso contínuo crescimento”.

Tim Walsh, diretor administrativo da CCMP Capital Advisors, disse, “Esta transação é um passo importante no plano de crescimento estratégico da Milacron, que reforça o nosso apoio às perspectivas da empresa e nosso compromisso em alavancar a nossa vasta experiência na indústria de plásticos para ajudar a Milacron a maximizar suas oportunidades globais de mercado e aumentar o seu valor para os clientes. “

A transação, sujeita às condições habituais de fechamento, deverá ser concluída no primeiro semestre de 2013.

Sobre a Mold Masters:  A Mold-Masters Limited é uma líder global no segmento de sistemas de fluxo de material plástico fundido e controle. A empresa projeta e fabrica sistemas de câmara quente, controladores de temperatura e equipamentos auxiliares. Desde 1963, a Mold Masters vem investindo pesadamente em pesquisa e desenvolvimento. Com mais de 900 patentes concedidas e pendentes, a Mold Masters criou muitos avanços tecnológicos e tornou possível inúmeras novas formas de moldagem de peças através de câmaras quentes. Com fábricas na América do Norte, América do Sul, Europa, Índia e Ásia, bem como vendas e serviços de apoio em 70 países,  a Mold Masters oferece seus produtos e serviços de forma global.

Fonte: Milacron

Curta nossa página no

Suporte do painel de controle dianteiro do VW Golf passa a ser totalmente de plástico

30/01/2013

BASF_Painel_GolfO suporte do painel de controle dianteiro do novo Golf 7 está sendo fabricado totalmente com plástico. Isto foi possível graças a estudos com simulações em computador deste primeiro suporte de painel de controle dianteiro sem o reforço de metal. Substituir a peça hibrida anterior de polipropileno por uma peça produzida totalmente com plástico exigiu o uso não apenas da Ultramid® B3WG8 da BASF, uma poliamida altamente reforçada durante a fase de desenvolvimento, mas também especialmente de análises da injeção do material em computador. As peças anteriormente feitas de placas de aço conectadas foram eliminadas, reduzindo, assim, o peso do módulo dianteiro significativamente em comparação ao do modelo anterior, reduzindo o tempo de montagem e, consequentemente, os custos.

Design inteligente
Além do espaço limitado para o processo de instalação, os requisitos para a peça toda em plástico incluem inúmeros compartimentos de carga bastante desafiadores: entre eles, uma possível falha no trinco do capô, na qual a abertura e o fechamento incorretos do capô são simulados e testados sob as condições mais rigorosas. Ao mesmo tempo, o comportamento de rigidez e vibração do sistema que compreende a saída dianteira e o radiador foi otimizado a partir de análises CAE (análise computacional) e validado em um teste de vibração real.

Sensor de colisão
Especial atenção foi dedicada aos sensores de colisão acoplados à parte dianteira. Os sensores garantem o acionamento do airbag no momento exato em caso de colisão frontal. Para isso, a peça plástica deve apresentar uma rigidez dinâmica em um local definido e atender aos requisitos de aceleração definidos pela montadora. Durante um teste real, a resposta da vibração da peça correspondeu exatamente ao que foi projetado e previsto pelo software de simulação: o suporte do painel de controle dianteiro em Ultramid transmite o sinal de colisão corretamente.

Os compartimentos de carga principais são fundamentais para o projeto de saída dianteira; a partir deles, pode ser derivada uma topologia melhorada. Essa topologia fornece informações valiosas ao projetista sobre a forma final da peça. Graças às previsões altamente exatas obtidas com a simulação em computador, foram necessárias apenas pequenas modificações para levar o protótipo do suporte do painel de controle dianteiro para a produção em série. Isto demonstra o tipo de aplicações desafiadoras que podem ser enfrentadas ao combinar um material ideal com as ferramentas de previsão correta e de cálculos.

Fonte: BASF

Curta nossa página no

Romi realiza Open House na Itália

22/12/2012

Empresa apresentou ao público sua nova linha de injetoras, que alinha praticidade, tecnologia e alta precisão

romi-primaxA Indústrias Romi S.A., empresa líder brasileira no setor de máquinas-ferramenta e máquinas para processamento de plásticos, apresentou aos visitantes do Open House – Arceto di Scandiano, a sua injetora Romi Primax 220H. O encontro foi realizado entre os dias 14 e 15 de dezembro, na cidade de Arceto Scandiano, na empresa RECO TECH.

Investindo na apresentação dos modelos de máquinas plástico produzidos no Brasil, a Romi acredita que o Open House abrirá portas para novas negociações, atingindo o interesse do público italiano, que terá a oportunidade de conhecer melhor sua linha de máquinas e todos seus avanços tecnológicos.

A Romi destaca as realizações de Open House como melhor forma de interagir no bom relacionamento entre cliente e empresa, proporcionando antes mesmo da compra, total transparência e credibilidade da marca.

Durante o evento, a injetora Romi Primax 220H fez  demonstrações ao público para apresentar a qualidade e as inovações tecnológicas do produto. Além da apresentação da máquina, estiveram disponíveis catálogos e demais materiais publicitários de toda a gama de Injetoras Romi.

Fonte: Romi

Curta nossa página no

Seminário Internacional em Injeção abordará metodologia para resolução de Defeitos de Moldagem

16/10/2012

Seminário com Bill Tobin em Joinville, em Dezembro de 2010

Durante a apresentação do Seminário Internacional em Injeção de Plásticos - Troubleshooting – Resolução de Defeitos de Moldagem – na primeira quinzena de novembro próximo, o especialista americano Bill Tobin abordará metodologia para resolução de problemas que podem ocorrer durante o processamento por injeção.

Segundo Bill Tobin, os defeitos podem ser classificados em famílias, de acordo a etapa do ciclo de injeção em que se originam (preenchimento do molde / recalque / resfriamento / extração) ou se estão relacionados ao material, pós-moldagem, molde / equipamento.

No seminário, serão analisados vários defeitos que podem ocorrer durante a moldagem por injeção, tais como: Marcas de Queima,  Rebarbas, Linhas de solda / linhas de fluxo, Dispersão de cor inadequada, Variação dimensional / dimensões inadequadas, Acabamento superficial não uniforme, Cascas de laranja, Peças incompletas, Estrias prateadas, Rechupes, Canal da bucha preso, Estrias marrons, Bolhas, Peças presas na cavidade, Peças quebradiças/Rachaduras, Escorrimento,  Marcas de extração, Vazios, Empenamento, Esguichamento e Pontos pretos (black specs).

Para cada defeito, será identificada uma Causa Raiz e serão discutidas causas individuais relacionadas com parâmetros de processamento tais como temperaturas, pressões, tempos e velocidades,  além do molde/máquina e ambiente.

O seminário Troubleshooting é bastante interativo, sendo estimulada a participação ativa dos presentes.

Bill Tobin é um conferencista e autor internacionalmente reconhecido e solicitado para cursos e seminários na área de Injeção de Plásticos. Ele vem apresentando seminários há vários anos em diferentes cidades dos Estados Unidos, China, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, México, Israel, Marrocos, Arábia Saudita e Brasil. Bill Tobin tem mais de 40 anos de experiência na área de Plásticos, é Membro Senior da Society of Plastics Engineers, e autor de 23 livros técnicos e mais de 250 artigos técnicos publicados em diferentes revistas especializadas. Bill Tobin já esteve no Brasil em 2010 e 2011, apresentando o seminário “Moldagem Científica” em São Paulo, Caxias do Sul, Joinville, Manaus, Rio de Janeiro, Maceió, Curitiba e Porto Alegre.

O Seminário “Troubleshooting – Resolução de Defeitos de Moldagem em Injeção de Plásticos”, organizado pela PLASSOFT TECNOLOGIA LTDA., é patrocinado pela fabricante de injetoras ARBURG e conta com o apoio da ABIPLAST – Associação Brasileira da Indústria do Plásticos e dos Sindicatos da Indústria do Plástico do Estado de São Paulo (SINDIPLAST), do Nordeste Gaúcho (SIMPLAS), do Estado de Santa Catarina (SIMPESC), do Estado do Amazonas (SIMPLAST-Manaus), do Estado de Minas Gerais (SIMPLAST-MG), além da Feira do Plástico, Borracha, Ferramentas e Moldes de Minas Gerais (MECPLAST), do Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (CIEAM), da Associação Mineira da Indústria do Plástico (AMIPLAST) e da PLASTECH BRASIL 2013.

O seminário ocorrerá nas seguintes datas e cidades:

  • 05/11/2012 – Caxias do Sul
  • 07/11/2012 – São Paulo
  • 09/11/2012 – Belo Horizonte
  • 12/11/2012 – Joinville
  • 14/11/2012 – Manaus

 O seminário terá tradução simultânea realizada por especialista em plásticos. Todos os participantes receberão um CD contendo o livro de Bill Tobin “Troubleshooting Injection Molded Parts”.

Informações adicionais sobre o evento, inclusive sobre inscrições e programa do seminário, podem ser obtidas no site www.plassoft.com.br/seminario, através dos telefones (71) 3351 6880 e (11) 98580 0212 ou ainda pelo email info@plassoft.com.br. As informações podem também ser obtidas junto aos Sindicatos regionais que estão apoiando o evento.  Associados às entidades apoiadoras tem um desconto adicional sobre o valor da inscrição. Para as empresas que efetuarem 4 inscrições, é oferecido o bônus de uma quinta inscrição gratuita.

Curta nossa página no

Autometal adquire participação majoritária na empresa americana Century Plastics

09/10/2012

A Autometal concluiu no dia 04 de outubro a aquisição de 65% da empresa americana Century Plastics. O valor da aquisição foi de aproximadamente US$ 23,5 milhões pelos 65% de participação.

A Century Plastics é uma empresa especializada na tecnologia de injeção de plástico, com produção no polo industrial e automobilístico de Detroit (Michigan) e conta com uma diversa gama de produtos e clientes.

Fonte: Autometal

Curta nossa página no

Arburg patrocina Seminário Internacional em Injeção de Plásticos – “Troubleshooting – Resolução de Defeitos de Moldagem”

08/10/2012

Alinhada com o propósito de estimular o desenvolvimento técnico e aprimoramento profissional do segmento de injeção de plásticos nos mercados onde atua, a Arburg patrocinará o Seminário “Troubleshooting – Resolução de Defeitos de Moldagem em Injeção de Plásticos”, a ser apresentado pelo especialista americano Bill Tobin no próximo mês de novembro, nas cidades de São Paulo, Caxias do Sul, Belo Horizonte, Joinville e Manaus.

Reconhecida internacionalmente pela qualidade, precisão, confiabilidade e eficiência energética de suas máquinas injetoras, a Arburg foi fundada na Alemanha em 1923 e conta com 2.150 colaboradores em todo o mundo. A empresa está presente no Brasil desde o ano 2000, atuando com uma equipe com 10 representantes, 14 funcionários, showroom, treinamento técnico operacional, técnicos em aplicação, reposição de peças e assistência técnica.

Seminário com Bill Tobin em Joinville em Dezembro/2010

Bill Tobin é um conferencista, professor e autor internacionalmente reconhecido e solicitado para cursos e seminários na área de Injeção de Plásticos. Ele vem apresentando seminários há vários anos em diferentes cidades dos Estados Unidos, China, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, México, Israel, Marrocos, Arábia Saudita e Brasil. Bill Tobin tem mais de 40 anos de experiência na área de Plásticos, é Membro Senior da Society of Plastics Engineers, e autor de 23 livros técnicos e mais de 250 artigos técnicos publicados em diferentes revistas especializadas. Bill Tobin já esteve no Brasil em 2010 e 2011, apresentando o seminário “Moldagem Científica” em São Paulo, Caxias do Sul, Joinville, Manaus, Rio de Janeiro, Maceió, Curitiba e Porto Alegre.

O Seminário “Troubleshooting – Resolução de Defeitos de Moldagem em Injeção de Plásticos”, organizado pela Plassoft Tecnologia Ltda., conta com o apoio da ABIPLAST – Associação Brasileira da Indústria do Plásticos e dos Sindicatos da Indústria do Plástico de São Paulo (SINDIPLAST), do Nordeste Gaúcho (SIMPLAS), do Estado de Santa Catarina (SIMPESC), do Estado do Amazonas (SIMPLAST-Manaus), do Estado de Minas Gerais (SIMPLAST-MG), além da Feira do Plástico, Borracha, Ferramentas e Moldes (MECPLAST), do Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (CIEAM) e da Associação Mineira da Indústria do Plástico (AMIPLAST).

O seminário ocorrerá nas seguintes datas:

05/11/2012 – Caxias do Sul

07/11/2012 – São Paulo

09/11/2012 – Belo Horizonte

12/11/2012 – Joinville

14/11/2012 – Manaus

O seminário terá tradução simultânea realizada por especialista em plásticos.

Informações adicionais sobre o evento, inclusive sobre inscrições e programa do seminário, podem ser obtidas no site http://www.plassoft.com.br/seminario, através dos telefones (71) 3351 6880 e (11) 98580 0212 ou ainda pelo email info@plassoft.com.br. As informações podem também ser obtidas junto aos Sindicatos regionais que estão apoiando o evento. Está sendo oferecido um desconto de 15% nas inscrições realizadas até o próximo dia 19 de outubro. Associados às entidades apoiadoras tem um desconto adicional sobre o valor da inscrição. Para as empresas que efetuarem 4 inscrições, é oferecido o bônus de uma quinta inscrição gratuita.

Curta nossa página no

Especialista americano retorna ao Brasil para apresentar seminário “Troubleshooting – Resolução de Defeitos em Injeção de Plásticos”

14/09/2012

Seminário “Moldagem Científica” em Joinville, em Dezembro de 2010

O especialista americano em injeção de plásticos, Bill Tobin, apresentará o seminário “Troubleshooting – Resolução de Defeitos de Moldagem em Injeção de Plásticos” no próximo mês de novembro, nas cidades de São Paulo,  Caxias do Sul, Belo Horizonte, Joinville e Manaus. Bill Tobin já esteve no Brasil anteriormente em 2010 e 2011, apresentando o seminário “Moldagem Científica”, o qual foi muito bem recebido pelos participantes.  Entre os 240 profissionais que assistiram a “Moldagem Científica” no Brasil,  mais de 90 % avaliaram o seminário como sendo Ótimo / Bom e informaram que estariam dispostos a assistir outro seminário com Bill Tobin. “Moldagem Científica” foi apresentado em São Paulo, Caxias do Sul, Joinville, Manaus, Rio de Janeiro, Maceió, Curitiba e Porto Alegre.

Neste ano, o seminário “Troubleshooting” será apresentado também em Belo Horizonte dentro da Feira Mecplast, que ocorrerá pela primeira vez em Minas, em conjunto com a Feira de Mecânica MecMinas.

O Seminário “Troubleshooting – Resolução de Defeitos em Injeção de Plásticos”, organizado pela Plassoft Tecnologia Ltda., conta com o apoio da ABIPLAST – Associação Brasileira da Indústria do Plásticos e dos Sindicatos da Indústria do Plástico de São Paulo (SINDIPLAST), do Nordeste Gaúcho (SIMPLÁS), do Estado de Santa Catarina (SIMPESC), do Estado do Amazonas (SIMPLAST), do Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (CIEAM), da Feira do Plástico, Borracha, Ferramentas e Moldes (MECPLAST), da Revista Plástico Sul e do Blog do Plástico.

O seminário ocorrerá nas seguintes datas:

05/11/2012 – Caxias do Sul

07/11/2012 – São Paulo

09/11/2012 – Belo Horizonte

12/11/2012 – Joinville

14/11/2012 – Manaus

Está sendo oferecido um desconto de 15% nas inscrições realizadas até o próximo dia 10 de outubro. Associados aos Sindicatos apoiadores e à Abiplast tem um desconto adicional sobre o valor da inscrição. Para as empresas que efetuarem 4 inscrições, é oferecido o bônus de uma quinta inscrição gratuita. As inscrições são realizadas através do site www.plassoft.com.br/seminario .

O seminário terá tradução simultânea realizada por especialista em plásticos.

Ao concluir o seminário, o participante adquirirá metodologias que poderão ser imediatamente aplicadas no seu trabalho para melhorar a qualidade dos produtos e reduzir custos, eliminando desperdício e geração de refugo e aumentando a lucratividade da empresa onde trabalha. O seminário foi desenvolvido para proporcionar um melhor entendimento do processo de injeção e dos fatores que contribuem para se obter peças defeituosas. Será mostrado também como eliminar ou minimizar esses fatores. A metodologia apresentada para resolver problemas de injeção poderá beneficiar mesmo aqueles profissionais com muita experiência. Os profissionais que mais obterão proveito deste seminário são: os Técnicos de Regulagem, Operadores líderes, Supervisores de Injeção, Engenheiros de produção, máquina e molde e Inspetores e Supervisores da área de qualidade. Todos os participantes receberão um CD contendo o livro de Bill Tobin  “Troubleshooting Injection Molded Parts”.

Bill Tobin é um conferencista, professor e autor internacionalmente reconhecido e muito solicitado para cursos e seminários na área de Injeção de Plásticos. Ele vem apresentando seminários há vários anos em diferentes cidades dos Estados Unidos, China, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, México, Israel, Marrocos, Arábia Saudita e Brasil. Bill Tobin tem mais de 40 anos de experiência na área de Plásticos, Membro Senior da Society of Plastics Engineers, é autor de 23 livros técnicos e mais de 250 artigos técnicos publicados em diferentes revistas especializadas. Ele tem um estilo de treinamento divertido, informativo e cadenciado.

Informações adicionais sobre o evento, inclusive sobre o programa do seminário, podem ser obtidas no site www.plassoft.com.br/seminario, através dos telefones (71) 3351 6880 ou (11) 98580 0212, pelo email info@plassoft.com.br. As informações podem também ser obtidas junto aos Sindicatos regionais que estão apoiando o evento.

Curta nossa página no

Sulbras apresenta, na Interplast, nova unidade da empresa localizada em Joinville

19/08/2012

Em 2012, a Sulbras Moldes e Plásticos participa pela quarta vez da Interplast e apresenta para os visitantes a sua mais nova planta produtiva, localizada na cidade sede da feira, Joinville/SC. A unidade iniciou suas atividades em setembro de 2011 e já conta com todo o know how das demais fábricas da empresa. Além disso, a Sulbras ainda apresenta seus processos e competências para a fabricação de moldes e injeção de peças.

Especializada em soluções de peças técnicas e subconjuntos moldados por injeção, a empresa atua, especialmente, na fabricação de componentes plásticos. Com quase 30 anos de experiência no mercado, a Sulbras está capacitada para atuar em todo o ciclo de desenvolvimento de peças plásticas injetadas, desde a engenharia simultânea do produto, o projeto e ferramentaria, até as aprovações de capacidade de processo produtivo, injeção das peças plásticas e montagens de subconjuntos.

Com unidades também em Caixas do Sul/RS, Sapucaia do Sul/RS e Salto/SP, a empresa atende indústrias automotivas, de ônibus e caminhões, de informática, eletroeletrônica, entre outras. Capacitada também para prestar assessoria técnica, a Sulbras ainda disponibiliza serviços em alguns processos especiais, como sobreinjeção de componentes, injeção a gás, hot stamping, tampografia e linhas de montagens.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Arburg recebe certificação ISO 50001 em Sistemas de Gerenciamento de Energia

08/08/2012

A Arburg atingiu um outro importante objetivo: a certificação ISO 50001, tendo a TÜV Süd como o certificador -, além das ISO 9001 e ISO 14001. A certificação segundo a norma ISO 50001 compromete a Arburg com o uso eficiente de energia em todas as áreas da empresa. A Arburg é uma das primeiras empresas a ter sido tripla certificação ISO.

Padrão ISO 50001

A norma internacional ISO 50001 sobre Sistemas de Gerenciamento de Energia  é muito recente. Foi publicada pela primeira vez em Inglês em Junho de 2011, sendo que a versão alemã se seguiu em dezembro de 2011. A TÜV Süd explica seus objetivos da seguinte forma: “O núcleo da ISO 50001 é a melhoria contínua do desempenho de uma organização no que tange à energia. A norma descreve os requisitos que uma organização necessita cumprir para os propósitos de introdução, implementação, manutenção e melhoria de um sistema de gerenciamento de energia. Essa abordagem sistemática visa habilitar uma organização a melhorar seu desempenho relacionado com a energia, aumentar a sua eficiência energética e otimizar a sua utilização de energia. “

ISO 50001 como novo marco

O fato de que Arburg foi certificada pela TÜV Süd apenas um ano desde a publicação da ISO 50001 sublinha o papel principal que é desempenhado pela empresa fabricante de máquinas em termos de questões energéticas e ambientais. Seu foco na produção de máquinas injetoras energeticamente eficientes em um sistema de produção energeticamente eficiente já estava consagrado na gestão ambiental de acordo com a ISO 14001. A ISO 50001 agora compromete a Arburg com a implementação e cumprimento de medidas de eficiência energética individualmente quantificáveis . A estratégia subjacente ao novo sistema de gestão de energia é planejado e organizado pelo Grupo de eficiência energética, composto por especialistas de diversos setores, o qual existe desde 1996.

Em busca  de economias potenciais

No futuro, um componente chave do sistema de gestão energética se constituirá de medições de energia sistematicamente planejadas, detalhadas e contínuas, com a finalidade de estabelecer com precisão a quantidade de energia que é utilizada e o local onde é consumida, em um processo de produção intensivo em energia. A avaliação e a análise do consumo anual irá facilitar a identificação de potenciais de economia ocultos. A este respeito, a Arburg também atribui importância às idéias e sugestões de seus funcionários, cuja consciência sobre o tema da eficiência energética está sendo reforçada através de várias atividades.

Eficiência energética em foco ao longo de décadas

O tema da economia de energia não é novo na Arburg. Na verdade, a atenção para economias potenciais de energia na empresa tem sido um elemento-chave em todos os desenvolvimentos e investimentos durante décadas. Isto aplica-se aos seus produtos, mas também ao seu processo produtivo e instalações.

Na área de produtos, a gama de tecnologia de máquinas otimizadas energeticamente está sendo continuamente ampliada, de modo que um número crescente de máquinas injetoras Allrounder agora exibem o rótulo de eficiência energética da Arburg: e². A tecnologia e gerenciamento energético das instalações da Arburg são, por exemplo, caracterizadas pela energia geotérmica, energia fotovoltaica, usinas térmicas “block-type”, a utilização da água da chuva, energia eólica e calor gerado na produção, bem como a ventilação e extração natural em seus prédios.

Com a introdução do sistema de gestão de energia certificado segundo a norma ISO 50001 em 2012, um marco adicional foi alcançado, constituindo uma base sobre a qual a empresa vai promover uma evolução contínua em matéria de eficiência energética.

Fonte: Arburg

Curta nossa página no

Interplast 2012: Himaco lança injetoras mais eficientes

07/08/2012

A Himaco já confirmou sua presença na Interplast 2012. Parceira da feira há muito tempo, para a 7ª edição do evento, a empresa preparou dois lançamentos. O primeiro deles é a injetora modelo ATIS 3000-1080 LHT. Com design diferenciado, a máquina é mais compacta e atende, especialmente, às fábricas que tem pouco espaço. Possui força de fechamento de 300 toneladas, bomba variável, distância entre colunas de 720 mm x 720 mm e até 2 kg de injeção. Também disponível na versão com servomotor.

A segunda novidade é a máquina APTA ECO 180, específica para PVC rígido. Esta injetora tem 180 toneladas de força de fechamento, conjunto de ventoinhas de acionamento elétrico para controle da temperatura, servomotor, alimentador e secador. O modelo já vem configurado com extrator de macho lateral e desrosqueamento.

Além de oferecer soluções eficazes em máquinas injetoras, a Himaco também disponibiliza para seus clientes peças de reposição, assistência técnica especializada, instalação e treinamento. “Procuramos atender a necessidade do mercado, sempre focando em um atendimento completo”, comenta Sandra Trennepohl, do setor de vendas da Himaco.

Sobre a Himaco

Fundada em janeiro de 1969, a Himaco firmou-se como uma das principais fabricantes de injetoras termoplásticas do país e da América Latina. Hoje, conta com mais de 6.200 equipamentos operando em cerca de 3.500 clientes cadastrados. A empresa atende diversos segmentos do mercado, como automobilístico, de brinquedos, utilidades domésticas, embalagens, eletroeletrônicos, de cosméticos, calçados e peças técnicas em geral. Desde 2011, conta também com uma unidade específica para venda de peças de reposição, agilizando o atendimento de assistência técnica.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Indústrias Romi expõe injetora e sopradora na Embala Nordeste 2012

23/07/2012

Empresa traz para o principal evento realizado no Nordeste, a Sopradora ROMI PET 230 e a injetora hidráulica ROMI EN 150

A Indústrias Romi S.A., líder brasileira no setor de máquinas-ferramenta e máquinas para plásticos, além de importante produtora de fundidos e usinados, apresentará ao público da Região Nordeste, durante a Embala NE 2012,  a sopradora automática ROMI PET 230. Equipamento com capacidade produtiva de até 2500 frascos por hora e de até 3 litros de capacidade volumétrica, a sopradora ROMI PET 230 possui o diferencial de alimentação e extração automáticos, sendo voltada à fabricação de garrafas PET para as indústrias de alimentos, bebidas e produtos de higiene e limpeza.

No evento, os visitantes também poderão conhecer a injetora ROMI EN 150, máquina equipada com servobomba, que garante melhor performance do sistema hidráulico com baixo nível de ruído e consumo energético. Ela é voltada para a produção de peças de pequeno e médio porte, com aplicações de até 170 toneladas.

O novo diretor da área de Máquinas para Plástico, William dos Reis afirma que a Embala NE é uma feira de extrema importância para o Nordeste do Brasil, região que se destaca pelo grande potencial e desenvolvimento industrial. “Queremos reforçar a presença da companhia nessa região, demonstrando assim nosso amplo portfólio de máquinas para processamento de plástico.”

A Embala NE – 7ª Feira Internacional de Embalagens e Processos, que será realizada entre os dias 28 e 31 de agosto, das 14 às 21 horas, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Recife/PE. Durante o evento, a Romi colocará toda a estrutura da companhia à disposição dos seus clientes, como vendas, serviços pós-venda, reforma de máquinas, entre outros.

Fonte: Indústrias Romi

Curta nossa página no

Interplast 2012: Arburg apresenta injetora com configurações econômicas, aplicáveis a diversos processos

19/07/2012

Expositora da Interplast desde 2004, a Arburg Brasil é uma das líderes mundiais na fabricação de injetoras para processamento de plástico. Para os visitantes da feira, a empresa vai apresentar a Allrounder Golden Edition 470 com sistemas integrados, como moinho, chiller, thermolift, termoregulador, robô, Koch e Single.

O modelo tem uma excelente relação custo x benefício e já vem equipado com duas bombas reguladoras e uma tecnologia de válvula de ligação rápida. Além disso, possui configurações econômicas com várias alternativas de aplicação, como utilização em processos especiais, peças de múltiplos componentes, processamento de termofixos, peças grandes ou automação.

Entre os seus principais diferenciais, estão a alta precisão de repetibilidade, tecnologia de ponta, longa vida útil, comando Selogica, sistema AES (Arburg Energy Saving), fácil manutenção, abertura superior que facilita a acessibilidade do molde, além de alguns opcionais que podem ser acoplados à máquina. “Todos esses benefícios oferecidos pela tecnologia Arburg visam sempre o melhor resultado e o sucesso dos nossos clientes”, afirma Sibile Rehder, da área de marketing e vendas da empresa.

Sobre a Arburg

A Arburg é uma empresa familiar, fundada em 1923 na Alemanha. Em todo o mundo, conta com 2.150 colaboradores. Está no mercado brasileiro há 12 anos, atuando com uma equipe com 10 representantes, 14 funcionários, showroom, treinamento técnico operacional, técnicos em aplicação, reposição de peças e assistência técnica.

Fonte: Messe Brasil

Curta nossa página no

Husky aumenta investimentos na China para atender necessidades da crescente base de clientes

06/07/2012

Acordo de investimento assinado com o governo local para compra de terras na região de Suzhou

A Husky Injection Molding Systems anunciou investimentos adicionais para apoiar o seu contínuo crescimento na China, com planos para estabelecer uma nova fábrica na região de Suzhou. Os investimentos em curso permitirão que a Husky melhore o seu suporte local, reduza tempos de fornecimento e reaja de forma mais rápida às necessidades da sua crescente base de clientes na região.

“A Husky tem desfrutado de relações duradouras com muitos clientes em toda a China. O forte aumento da demanda por plásticos na região estimulou o crescimento de nossos clientes e nós tivemos a sorte de crescer eles. Hoje, a região da Ásia-Pacífico representa um dos maiores e mais dinâmicos mercados que a empresa atende “, disse John Galt, Presidente e CEO da Husky. “O nosso investimento em Suzhou é um passo para assegurar que nós teremos condições de atender às expectativas crescentes dos clientes nesta região. Nosso objetivo é ficarmos cada vez mais ágeis para oferecer serviços e suportes mais rápidos – não só para a China, mas para os mercados globalmente “

Compra de terrenos em Suzhou

A Husky assinou recentemente um acordo de investimento com o governo local de Suzhou para comprar 53.000 metros quadrados de terrenos na região. A terra está localizada no novo distrito de Suzhou e é uma área que oferece oportunidade para uma maior expansão para além da área existente. A Husky planeja construir instalações fabris no estado-da-arte que irão aumentar ainda mais a capacidade local para melhorar o suporte ao cliente e reduzir os tempos de fornecimento. O site deverá estar totalmente operacional em 2014 e vai se somar à já forte presença da empresa na China.

Investimentos para melhorar o suporte local

Trabalhando com a maior rede de vendas e serviços do seu setor industrial, a Husky continuamente investe na sua infra-estrutura global para atender às necessidades específicas dos clientes. Ao longo dos últimos anos, a Husky reforçou a sua presença e a capacidade da sua cadeia de suprimento na China. Desde o estabelecimento da sua presença inicial em 2004, a Husky mais do que duplicou a sua pegada na região e mais do que triplicou sua força de trabalho regional. A unidade de Suzhou complementará as instalações existentes da empresa, mais especificamente o Centro Técnico de Shanghai. Inaugurada como sede da Husky na região da Ásia-Pacífico, a unidade de Xangai também dobrou sua presença desde 2004, expandindo-se em 2006 e novamente em 2009. Ela continua a ser um centro de referência para a região e é responsável por uma série de atividades-chave, incluindo serviços e vendas, engenharia de desenvolvimento, recursos humanos, finanças, montagem de máquinas e fabricação de câmara quente.

Para acomodar o seu crescente negócio de câmara quente na região, a Husky também fez investimentos recentes em renovação de câmara quente, fabricação de câmara quente e na capacidade de conversão de moldes. O foco principal dessas iniciativas é continuar a reduzir os tempos de fornecimento e melhorar a resposta aos clientes, apoiando a estratégia global da empresa para servir os clientes na região de forma mais eficaz.

Sobre a Husky – A Husky Injection Molding Systems é um fornecedor líder mundial de equipamentos de moldagem por injeção e serviços para a indústria de plásticos. A empresa tem mais de 40 escritórios de serviços e vendas, oferecendo suporte a clientes em mais de 100 países. As instalações fabris da Husky estão localizadas no Canadá, Estados Unidos, Luxemburgo, Áustria e China.

Fonte: Husky

Curta nossa página no

Empresa americana Myers Industries irá adquirir Plásticos Novel

30/06/2012

Unidade da Novel em Lauro de Freitas (BA)

A Myers Industries, Inc.  anunciou no dia 29/06 que assinou um acordo para aquisição da Plásticos Novel S.A.®. A transação deverá ser finalizada em julho de 2012. A Novel é a criadora e fabricante líder de caixas e sacos de plástico reutilizáveis no Brasil para remessa e armazenamento em ciclos completos nos setores de alimentação e agricultura, em rápido crescimento, da região. A Novel também produz uma variedade diversificada de produtos plásticos para a segurança industrial.

O presidente e CEO, John C. Orr, disse, “A Novel complementa nossos negócios de embalagens existentes no Brasil, e possui fortes laços com empresas líder no setor através da sua reputação em inovação e serviços. A Novel se encaixa perfeitamente dentro da nossa estratégia de crescimento geográfico e quanto a embalagens”.

Fundada em 1975, A Novel possui duas fábricas nos estados  da Bahia e do Paraná, cobrindo assim os principais centros de negócios industriais e agrícolas no nordeste e sul do país. Especializado em produtos de embalagens moldados por injeção, a Novel é líder em contêineres reutilizáveis de plástico tanto para o mercado de alimentos e bebidas, quanto para a agricultura. Seus produtos para o tráfego e segurança industrial abrangem desde capacetes de segurança e proteção para ouvidos até placas e sinalização de trânsito. A Novel é  conceituada pela sua contínua inovação, qualidade e serviço, tendo como clientes grandes empresas internacionais.

A Novel fará parte do segmento de embalagens da Myers Industries. Entre outras empresas neste segmento estão a Buckhorn®, fabricante líder de contêineres e sacos a granel reutilizáveis com sede na América do Norte; a Akro-Mils®, líder em sistemas de sacos de lixo e armazenamento; e a Myers do Brasil®, localizada no estado de São Paulo, Brasil, que produz contêineres e sacos a granel para os mercados da região de agricultura e fabricação.

Sobre a Myers Industries

A Myers Industries, Inc.  é uma fabricante internacional diversificada de produtos de polímeros para os mercados industriais, agrícolas, automotivo, comerciais e de consumo. A empresa também é a maior distribuidora de ferramentas, equipamentos e suprimentos para o setor de serviços de pneus, rodas e acessórios de automóveis nos EUA. Em 2011, a empresa registrou vendas líquidas de US$ 755,7 milhões. Para mais informações, visite o site http://www.myersindustries.com.

Fonte: Myers Industries

Curta nossa página no


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.298 outros seguidores